AMDE libera em outubro primeiro lote de empréstimos do Programa Microcrédito Social

sargento_regis_cmcgA Prefeitura de Campina Grande, por meio da Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde), vai liberar no início do próximo mês de outubro o primeiro lote de empréstimos do Programa de Microcrédito Social, no valor total de R$ 15 mil. Inicialmente, serão beneficiadas 30 pessoas que receberão, cada uma, R$ 500,00 como crédito para reforçar ou investir em algum negócio para geração de renda.

A data de repasse dos empréstimos será confirmada em breve pela AMDE e os primeiros contemplados receberão os valores em solenidade presidida pelo prefeito Romero Rodrigues. O Microcrédito é destinado a atender microempreendedores carentes do município.

O presidente da AMDE, vereador licenciado Sargento Régis, disse que todas as pessoas contempladas estão desempregadas e perceberam, nessa oportunidade de aquisição do empréstimo, uma forma de garantir renda e contribuir com o sustento de suas famílias. “É uma nova oportunidade de inserção no mercado de trabalho”, declarou.

Segundo o sargento Régis, por meio do oferecimento dessa linha de crédito, a Prefeitura Municipal objetiva oferecer apoio aos que mais necessitam de renda para montar seu próprio negócio, especialmente àqueles que perderam seus empregos.

O programa foi lançado recentemente e, desde o último dia 15, dezenas de pessoas têm procurado a AMDE em busca de informações sobre como adquirir os empréstimos que variam entre R$ 100,00 até R$ 500,00. Os demais interessados têm até dezembro para fazer seu cadastro e solicitar os valores junto à AMDE. A Agência está localizada na rua Getúlio Vargas, no centro da cidade, e o atendimento é mantido de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h e das 14h às 17h.

Uma equipe da AMDE foi designada para atender aos interessados e prestar orientações sobre o programa. Na ocasião deverão ser apresentados os seguintes documentos: identidade, CPF e um comprovante de residência. Não haverá, ainda, restrições com os que estiverem com problemas junto ao Serasa ou Sistema de Proteção ao Crédito (SPC).

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO