Avaliação dos servidores é discutida por secretarias

avaliacao_servidoresAtendendo solicitação da Secretaria de Administração da Prefeitura Municipal de Campina Grande, os gerentes da Secretaria de Educação, do CTE, do CEPCS e gestores das escolas e creches municipais participaram, na manhã desta terça-feira (20), no auditório do Centro de Tecnologia Educacional Severino Lopes Loureiro, de reunião para discutir o Processo de Avaliação dos Servidores Municipais, para concessão da Promoção Horizontal.

A secretária de Educação, Verônica Bezerra, falou da parceria entre a Seduc e a Secretaria de Administração e parabenizou a Administração pela avaliação do trabalho realizado pelos servidores, fazendo o registro que esse trabalho deve ser continuo.

 Participaram, ainda, da reunião a secretária executiva da Educação, Iolanda Barbosa; a gerente do Ensino Fundamental, Walberlene Barros; a diretora de Apoio à Escola, Elizabete de Lima; a gerente de Informática e Estatística, Constantina Edi Medeiros; a coordenadora do PME, Izabel Maria Veiga; a diretora administrativa financeira, Maria do Socorro Menezes; a gerente de Recursos Humanos, Olívia de Araújo Morais.

Ainda participaram Iara Felício, Gercino Arruda Santos e Edmundo Ferreira Dantas, representando a Secretaria de Administração, e os sindicalistas Robson Tibério e Antônio Fernandes. Aos participantes da reunião foi entregue o resumo do Decreto de Avaliação de Desempenho para a Concessão da Promoção Horizontal.

A Promoção Horizontal, em quaisquer níveis de cargos, vai depender do resultado da Avaliação do Desempenho do servidor obtida no período da avaliação. A Comissão de Avaliação será formada por seis membros, sendo três representantes da PMCG, dois representantes da Direção Executiva do Sindicato da categoria, e um representante dos servidores eleito em assembleia geral.

As Comissões Setoriais de Avaliação serão compostas por três membros (gestor/chefe imediato, um delegado de base do sindicato e um servidor por turno de trabalho, eleito entre os funcionários do setor, com um mínimo de um ano de exercício no setor de trabalho).

A avaliação será baseada em dez aspectos: resultados e metas; assiduidade; atendimento ao público; abertura para novas situações; cooperação; iniciativa; utilização de conhecimentos; cumprimento de normas; qualidade da tarefa e solução de problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO