Campanha “Novembro Azul” começa nesta quinta

novembro_azulDepois do sucesso da campanha “Outubro Rosa”, quando foram realizadas mais de duas mil mamografias no mês, a Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande dá início nesta quinta-feira, 6, ao “Novembro Azul”, mobilização que pretende chamar a atenção dos homens para o cuidado com a saúde.

Nacionalmente, a campanha busca orientar a população masculina sobre a importância do exame de toque retal e PSA (Prova do Antígeno Prostático) para diagnóstico precoce do câncer de próstata, mas, no município, o foco este ano será no cuidado com a saúde integral do homem.

Para isso, 80 Unidades Básicas de Saúde com 101 equipes de saúde da família estarão engajadas em ações, como palestras e consultas para encaminhamento aos urologistas, que atenderão nos oito Centros de Saúde do Município. A primeira atividade será durante toda a quinta-feira, manhã e tarde, no Calçadão da Cardoso Vieira, no Centro da cidade, local geralmente frequentado pelo público masculino.

Serão prestados serviços como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, verificação do Índice de Massa Corpórea (IMC), testes rápidos de detecção de Aids e Sífilis, além de avaliação para direcionamento ao urologista.

De acordo com a secretária municipal de saúde, Lúcia Derks, os homens com mais de 40 anos de idade são o alvo da campanha e os profissionais como taxistas, mototaxistas e motoristas, além de servidores da própria Prefeitura. “A ideia este ano é fazer buscas aos locais onde os homens estão porque eles não costumam procurar os serviços de saúde, então, nós temos que fazer com que as informações cheguem até eles”, explicou.

Segundo a diretora de Atenção à Saúde da SMS, Giovanna Cordeiro, durante a campanha, as unidades de saúde também realizarão reuniões com grupos de tabagismos para diminuir os fatores de risco de complicações de saúde dos homens. A intenção é fazer com que os homens procurem os atendimentos nas unidades, objetivo já parcialmente alcançado após o primeiro ano do “Novembro Azul” em 2013.

“Em um ano, nós aumentamos o número de homens cadastrados no serviço público de saúde com a campanha passada e também com o terceiro turno do Centro de Saúde Francisco Pinto, no Centro da cidade, que passou a atender no fim do dia os trabalhadores que não podem buscar serviços durante o expediente”, ressaltou a diretora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO