Campina Grande espera receber neste São João 2 milhões de visitantes do Brasil e exterior

O presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Campina Grande e Região (SindCampina), Divaildo Bartolomeu, confirmou que a cidade está com praticamente todos os leitos ocupados. “Com 90% das nossas reservas já preenchidas, estamos com turistas de Brasília, São Paulo e Belo Horizonte que precisaram se hospedar em João Pessoa, pois não existem mais vagas nos principais hotéis da cidade. Algumas bandas também já estão procurando essa alternativa”, declarou Divaildo.

A cidade possui 39 hotéis e pousadas, o que garante um total de 3.186 leitos. Segundo Divaildo, esse número não é o suficiente para receber essa demanda, o que faz o turista procurar alternativas, como a hospedagem em cidades vizinhas. Outras opções são o aluguel de casas, quartos e a busca pela hospedagem alternativa, além dos motéis que são muito procurados nos dias 23 e 24 (véspera e dia de São João, respectivamente).

“Abrimos vagas para turistas, pois é uma forma de ajudar a cidade e aumentar o faturamento. Alguns jovens e casais já estão com reserva garantida para noite de São João”, confirmou Vilany Rocha, gerente do Shopping Motel. Para a noite de São João, com os hotéis lotados, surgem mais alternativas, objetivando levar benefícios para todos, porque o que vale é não perder o maior São João do mundo.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, Luiz Alberto Leite, confirmou que, além da rede hoteleira da cidade, que costuma ficar lotada, muitos turistas ficam hospedados em João Pessoa, capital do Estado. “Isso revela que o Maior São João do Mundo gera boas perspectivas de lucro até para outras cidades”, disse Luiz Alberto.

Para o secretário, o São João de Campina Grande representa o “segundo Natal” para o comércio da cidade. Ele ressaltou que, no ano passado, o Maior São João do Mundo atraiu em média 35 mil turistas para cidade, além de 110 mil visitantes (pessoas que passam a noite na cidade, preferencialmente no Parque do Povo, e voltam de madrugada para suas cidades).

Para o Maior São João do Mundo deste ano, ressaltou Luiz Alberto, a perspectiva é de que esse número de turistas e visitantes aumente, especialmente em função dos doze voos charter que virão para a cidade. “As perspectivas para este ano de 2016 são ainda maiores, tendo em vista que teremos 12 voos charter, da linha Azul, vindos direto para Campina Grande. A exemplo de anos anteriores, sempre nos dedicamos, com muita atenção, ao nosso principal evento”, declarou Luiz Alberto.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO