Campina Grande receberá espetáculos de música clássica

Com o apoio da Prefeitura Municipal e Secretaria Municipal de Cultura, Campina Grande receberá, nesta terça e quarta-feira, dias 09 e 10 de dezembro, o XVII Virtuosi – Festival Internacional de Música, que pelo quinto ano consecutivo será realizado em diferentes cidades. Serão realizados dois concertos na cidade, ambos com entrada gratuita.

O primeiro acontecerá nesta terça-feira, a partir das 20h, no Museu de Arte Popular da Paraíba (MAPP), ocasião em que será apresentado um concerto do grupo UniRio Metais. Na quarta-feira (10), se apresentarão no Teatro Rosil Cavalcanti, às 20h, o grupo Ensemble São Paulo e Ravi Shankar (Oboé).

Neste ano, o festival de música celebra os 150 anos do nascimento do compositor Richard Strauss, objetivando manter a tradição de apresentar o trabalho de grandes nomes internacionais. As apresentações tiveram início no dia 07 deste mês e prosseguirão até o próximo dia 14. Além de Campina Grande, os concertos acontecerão nas cidades João Pessoa, Fortaleza e Belém. Outras apresentações já foram realizadas no Recife e Olinda.

O Unirio Metais foi criado em 2006. É formado por professores das universidades federais dos estados do Rio de Janeiro e de Brasília, sob a coordenação do professor Nailson Simões. O grupo tem como objetivo desenvolver o trabalho de música de câmera para metais, destacando, sobretudo, a pesquisa e a divulgação da música brasileira.

O mesmo grupo já estreou peças de Claudia Caldeira, Nikolai Brucher, Marcos Lucas, Alexandre Schubert, Orlando Alves, Caio Senna, Sergio Oliveira, Neder Nassaro e Ricardo Tacuchian. O Unirio Metais recebe o apoio da CNPq e Unirio.

O Ensemble São Paulo é composto por músicos com atuação no cenário musical brasileiro e internacional. O grupo tem se apresentado nas salas de concerto, sendo recebido com enorme sucesso de público e crítica.

Seu repertório abrange obras do período pré-clássico até os dias atuais, o que tem permitido a realização de concertos em parceria com Ricardo Castro, Daniel Binelli, Antonio Carlos Carrasqueira, Nelson Ayres e Richard Young, entre outros. Os integrantes do Ensemble São Paulo são premiados em concursos nacionais e internacionais.

Já Ravi Shankar (oboé) é natural do Rio de Janeiro. Recebeu suas primeiras aulas de oboé na Escola de Música de Brasília. Bacharel em Música pela UnB, recebeu o Artist Diplom, pela Escola Superior de Música de Rostock (Alemanha). Obteu, posteriormente, o título de Mestre em Performance pela UFMG.

Integrou diversas orquestras, no Brasil e na Alemanha, entre elas a Meclenburgische Staatskapelle Schwerin, Orquestra da Universidade de São Paulo, Orquestra de Câmara da USP, além de trabalhar como músico convidado do Festival Junge Künstlerfestival Bayreuth e do XII Festival Amazonas de Ópera. Desde 2011 é o principal assistente no naipe de oboés da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO