Campina Grande supera meta de vacinação contra a Poliomielite

dia_D_vacinacaoTerminou na quinta-feira, 10, a campanha de vacinação contra a Poliomielite, também conhecida como paralisia infantil. Em Campina Grande, a Secretaria Municipal de Saúde conseguiu vacinar 24.994 crianças entre seis meses e menores de cinco anos. O número representa 95,46% dos meninos e meninas campinenses que estão aptos a receber a dose da vacina. Para este ano, a meta era vacinar 95% do público alvo.

A campanha teve início no dia 15 de agosto e precisou ser prorrogada por mais dez dias pelo Ministério da Saúde para que as metas fossem atingidas. Além da vacina contra a pólio, os postos de saúde também realizaram uma mobilização para atualizar a caderneta de vacinação das crianças durante o período campanha de imunização. Foram oferecidas vacinas que protegem contra pneumonia, meningite, otite, sinusite, hepatites, rotavírus, sarampo, caxumba, rubéola, difteria, tétano, coqueluche e influenza.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde do município, Eliete Nunes, os pais e responsáveis que, mesmo com a mobilização, ainda não vacinaram seus filhos contra a pólio, os postos de saúde continuarão ofertando a vacina, dentro da rotina, para as crianças entre seis meses e menores de cinco anos. “A imunização é importante, pois previne problemas irreversíveis à saúde da criança, já que poliomielite afeta os nervos e pode levar à paralisia”, alertou.

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave que provoca a paralisia dos membros inferiores. Ela é causada e transmitida por um vírus que entra geralmente por meio da boca ou do nariz da criança. No Brasil, o último caso registrado da doença foi há 26. Mesmo assim, a vacina é indispensável porque alguns países ainda registraram casos da doença nos anos de 2013 e 2014.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO