Campina Grande vai sediar Startup Weekend Women evento global focado no empreendedorismo feminino

Campina Grande vai sediar no período de 16 até 18 do próximo mês de julho, na Zazen Cowork Space (bairro das Nações), o Startup Weekend Women (SW Women). O evento global cujo formato é o mesmo usado em 135 países já lançou várias startups de sucesso como o aplicativo Easy Taxi, no Rio de Janeiro. É o primeiro SW Women do Nordeste em 2017 e o foco é fomentar o empreendedorismo feminino, porém a participação masculina é bem-vinda. As inscrições devem ser feitas no Sympla, no endereço http://bit.ly/SWWomenCG.

A proposta do evento é capacitar mulheres empreendedoras, ensinando maneiras acessíveis de conceituar, testar e lançar um produto ou serviço viável no mercado. A ação é realizada por organizadores locais e facilitadores de fora do Estado. O Brasil já realizou o maior SW Women do mundo em cinco eventos simultâneos em 2016. Em julho de 2017, o SW Women terá etapas em João Pessoa (7, 8 e 9) e Campina Grande (16, 17 e 18).

Durante o SW Women, um grupo de indivíduos se encontra para compartilhar ideias. A experimentação é intensa e não existe hierarquia. É uma oportunidade para iniciar e lançar uma startup. “Trata-se de aprender a viabilizar um negócio. Os participantes embarcam em um processo de interação para validar uma ideia e até criação de protótipos para apresentar aos jurados”, explica Denise Lemos, da equipe de organização que trouxe a primeira SW Women do Brasil, na Paraíba em 2014. Sua experiência inclui a participação na SW Education em Recife e da SW em João Pessoa. Ela também atuou como mentora da SW nas edições 2015 e 2016 em Campina Grande.

A iniciativa conta com facilitadores que agem de forma remota e, no evento, são o elo entre organização, participantes, mentores e jurados. Para Victoria Mutran, facilitadora do evento em Campina Grande, o Projeto Women tem contribuído para o aumento da participação feminina em nos Startup Weekend temáticos. “No SW Smart Cities São Paulo, que facilitei em maio, já houve um aumento. Cerca de 40% do público era composto por mulheres”, ressaltou.

Victoria também acumula experiência. O primeiro evento que organizou foi um Startup Weekend em um barco em Belém, cuja orientação era criar soluções inovadoras para a comunidade ribeirinha.  Além disso, já facilitou o SW Women em Belém (2015) e São Paulo (2016). “A SW Women contribui para fomentar líderes na própria comunidade. Em Campina Grande, minha tarefa será garantir que todos as participantes tenham uma experiência transformadora”, diz.

De acordo com levantamentos da Techstars, organizadora mundial do Startup Weekend com apoio do Google for Entrepreneurs e a Kaufmann the Foundation of Entrepreneurship, o projeto Women tem como objetivo aumentar o protagonismo feminino no mundo dos negócios.

“Estar perto de outras pessoas com o mesmo ânimo de empreender ajuda a garantir sugestões para o seu negócio. Os mentores também trazem várias contribuições. É um aprendizado muito rico, mesmo para quem já tem um negócio formatado” explica Fábio Bandeira de Mello, da equipe organizadora.   Ele foi mentor no Startup Weekend em 2015 e 2016.

O evento tem o incentivo do StartPB programa de fomento à inovação do Sebrae-PB. A organização do SWWomen oferece cotas de patrocínio e apoio para a realização da ação empreendedora nas duas cidades. Para solicitar informações entre em contato com Denise Lemos por e-mail (deniselemos@portalmulherdefato.com.br) ou Fábio Bandeira de Mello (fabio@administradores.com.br).

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO