Conselho avança no processo de seleção do Residencial Vila Nova da Rainha

caniello_conselhoO Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (CGFMHIS) tomou decisões importantes relacionadas ao processo de seleção para os 576 apartamentos do Residencial Vila Nova da Rainha I e II, no bairro de Bodocongó. A reunião foi realizada na tarde desta quarta-feira (05), no auditório do Instituto de Previdência do Servidor Municipal (Ipsem).

No encontro, ficou definido que participarão dos sorteios as pessoas inscritas do dia 30 de maio até o dia 05 de novembro. Ao todo, são 5.942 inscritos nesse período. A lista com os nomes será impressa e entregue à Comissão de Acompanhamento, que, por sua vez, vai verificar os nomes que estão regulares e os que apresentam problemas e/ou irregularidades.

A comissão vai receber a lista na sexta-feira (07/11) e na segunda (10/11) vai se reunir para fazer a avaliação. Na quarta-feira (12/11), a avaliação feita pela Comissão será submetida ao plenário do Conselho, que vai decidir sobre a situação dos inscritos, excluindo os que estiverem irregulares.

No encontro do dia 12 deverão ser definidas, também, a data do sorteio e o modo com o qual a seleção será realizada. A ideia é de que os apartamentos sejam sorteados ainda em 2014. Foi decidido ainda que as visitas serão feitas somente aos sorteados, pois não existem condições técnicas de realizar visitas a todos os que vão participar do sorteio.

O presidente do Conselho de Habitação e secretário de Planejamento de Campina Grande, Márcio Caniello, explicou a importância da transparência de todo esse processo. “A gestão do prefeito Romero Rodrigues preza por um processo aberto e democrático no que diz respeito aos programas habitacionais. A soberania desse Conselho atesta esse modo participativo de governar”, salientou o presidente.

Os participantes do sorteio estão inseridos nos seguintes critérios: estarem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal; terem renda familiar de até R$ 1.6 mil; não possuírem restrições no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados no Setor Público Federal (Cadin). Além disso, terão prioridade mulheres chefes de família, idosos, pessoas portadoras de deficiência e moradores de áreas de risco.

De acordo com os critérios municipais, estão dentro da seleção os servidores públicos municipais efetivos, trabalhadores e trabalhadoras do setor polo calçadista do bairro de Bodocongó e inscritos no aluguel social da PMCG.

2 comments

  1. Aluska Pereira da Silva Mendes

    Gostaria de parabenlizar todos os que fazem parte do conselho gestor do fundo Municipal habitacional CGFMHIS. Pela transparenci e Respeito com todos nos que nos Escrevemos.e Adorei saber que o sorteio vai ser ainda esse ano dees de já agradeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO