Conselho do Programa Capacitar realiza primeira reunião e faz balanço das atividades

reuniao_conselho_capacitarEmpossado no último dia 2, o Conselho do Programa Capacitar realizou sua primeira reunião, na tarde desta segunda-feira, 14, oportunidade em que elegeu os representantes de sua diretoria e fez um balanço do programa, que tem como objetivo promover capacitação profissional para a população campinense.

A reunião foi realizada no Gabinete do Prefeito e contou com a participação dos 12 integrantes titulares do Conselho, empossados no início do mês. Na oportunidade, a representante da Secretaria Municipal de Assistência Social – Semas, Joelma Martins, foi conduzida ao cargo de presidente do Conselho, atendendo ao que determina a Lei 5.977, que criou o Conselho, a qual estabelece que a presidência deve ser assumida pelo representante da Semas. A coordenadora do Programa Capacitar, Marcela Borges, foi conduzida ao cargo de vice-presidente.

Durante o encontro, Marcela Borges repassou aos demais integrantes do Conselho, informações sobre os cursos;  as metas já alcançadas, tais como as parcerias já fechadas e/ou amadurecidas; bem como a repercussão extremamente positiva dos cursos junto à sociedade e, principalmente, nas comunidades beneficiadas. Também ficou estabelecido que, na próxima reunião, será apresentada uma minuta para a elaboração da regulamentação e do regimento interno do Conselho. Conforme Marcela, já foi estabelecido o calendário de reuniões para o ano de 2015, sendo que os encontros acontecerão na primeira segunda-feira de cada mês, no Gabinete do Prefeito.

Criado recentemente, o Conselho do Programa Capacitar é formado por 12 representantes titulares e 11 suplentes e é composto pelos seguintes órgãos e entidades: Secretaria de Educação do Município; Secretaria Municipal de Assistência Social; Agência Municipal de Desenvolvimento – Amde; Gabinete do Prefeito; Associação Campinense de Imprensa; Fundação CDL; Sebrae; Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – Fiep; Coordenação dos Clubes de Mães; Câmara Municipal; entidades religiosas; e União Campinense de Equipes Sociais – UCES. Faz parte ainda do Conselho o Ministério Público Estadual, que ficou sem representação porque não indicou ninguém para a posse.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO