Coordenador do São João rebate criticas do líder dos barraqueiros

temir_marcos_alfredo_catarina_programacao_sao_joaoA propósito das criticas feitas pelo “líder dos comerciantes”, Lucinei Cavalcanti,  do Parque do Povo, sobre taxas e serviços no Parque do Povo, que estariam dando prejuízo, o coordenador do Maior São João do Mundo, Temístocles Cabral, garante que os números apurados até agora mostram, nitidamente,  o contrário.

O coordenador  vê nas criticas, uma forma velada de querer empanar o sucesso do evento, patente até agora, superando todas as expectativas, realidade que pode ser constatadas na ebulição da cidade, com reflexos nas vendas de produtos e serviços, nos mais variados setores.

“ Para organizar este evento, a prefeito Romero Rodrigues teve que superar toda uma conjuntura adversa, como crise de segurança, crise hídrica e a crise econômica de modo geral que se disseminou no País. É óbvio que, diante do sucesso da festa, alguns estores perfeitamente identificados queiram ignorá-lo”, lembrou Temi.

Para ele, um evento desse porte é impossível não ter falha. Nesse contexto, toda critica e bem vinda, “desde que ela não venha com viés politico, como interesses já é do nosso conhecimento, coisa que vem se repetindo desde o inicio do evento”, acentuou o coordenador.

Entre a maioria dos comerciantes do Parque do Povo, as criticas nos moldes que foram feitas não são bem recebidas, face terem constatados, noite após noite, a rentabilidade dos seus negócios superiores a anos passados.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO