Defesa Civil de Campina Grande registrou média de 40 milímetros de chuva nos últimos dias

Ruiter_DCA Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Obras (Secob) e de sua Coordenadoria de Defesa Civil, fez um balanço das chuvas que caíram nos últimos dias na cidade. O órgão registrou uma média pluviométrica de apenas 40 milímetros, sem registros de danos graves nas áreas de risco.

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Ruiter Sansão, o trabalho de prevenção e limpeza de canais e córregos, realizado frequentemente pela Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente (Sesuma), tem contribuído para evitar alagamentos em algumas zonas de risco. “O trabalho que desenvolvemos é de monitoramento das áreas de risco e verificamos que os alagamentos diminuíram consideravelmente com as ações da Sesuma”, destacou Ruiter Sansão.

A Defesa Civil Municipal faz um levantamento prévio e monitora três bacias atualmente: a de Bodocongó, a das Piabas e a do Prado. Além disso, os cidadãos têm à disposição os números 199 (Defesa Civil) e 193 (Corpo de Bombeiros), que devem ser chamados em casos de emergência.

“A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Defesa Civil, da Sesuma e da STTP, está sempre em alerta para atuar quando for preciso. Mas sempre é bom lembrar que, para mantermos a cidade livre de alagamentos, necessitamos que a população trabalhe conosco, evitando o despejo de lixo em canais, córregos e esgotos da cidade”, ressaltou o secretário de Obras do município, André Agra.

Após as chuvas, a preocupação da Prefeitura de Campina Grande é agir contra o mosquito da Dengue, que se prolifera mais facilmente com o acúmulo de água. Por isso, se qualquer cidadão encontrar ou suspeitar de que um local é foco do mosquito da Dengue, a Prefeitura disponibiliza o Dengue Zap: (83) 99991.0553.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO