Depredações são as principais ocorrências registradas pela Guarda Municipal

guarda_integracaoUm balanço realizado esta semana pela Guarda Municipal de Campina Grande constatou que furtos, menores portando drogas e a depredação do patrimônio público estão entre as principais ocorrências registradas pelo efetivo. Em se tratando da depredação do patrimônio, o alvo principal tem sido o Terminal de Integração de Passageiros, local frequentado diariamente por cerca de dez mil pessoas, conforme a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP).

O problema costuma ser agravado aos finais de semana, com pichações nas paredes e teto dos banheiros. Alguns vândalos, mais ousados, costumam quebrar pias e bacias sanitárias. O coordenador da Guarda Municipal, coronel José Cláudio do Nascimento, disse que as ocorrências de vandalismo costumam aumentar principalmente após a realização de jogos de futebol, em virtude da ação de grupos de crime organizado.

“Normalmente, ao final dos jogos, uma tropa especial da Polícia Militar precisa ser acionada e direcionada ao Terminal de Integração para dar suporte operacional à Guarda Municipal. A meta é reforçar os cuidados com a estrutura do Terminal de Integração”, declarou.

 “O Terminal de Integração é o coração de Campina Grande, em termos de movimentação de pessoas. Por isso, quando há necessidade, temos o cuidado de dobrar o efetivo destinado àquele local”, afirmou o coordenador. Atualmente, a Guarda Municipal dispõe de um efetivo de 57 agentes.

Outras ocorrências registradas pela Guarda no Terminal de Integração, neste mês de junho, foram as badernas e ameaças por parte de integrantes de torcidas organizadas de futebol; depredação de ônibus e ameaça aos passageiros por parte de um usuário que estava embriagado; roubo de celulares e carteiras; agressões verbais e desacato à guarnição; funcionário do Terminal socorrido após receber ameaça de um usuário que portava faca e tesoura; encaminhamento à delegacia de um casal acusado de assaltos.

Houve ainda a prestação de socorro a um usuário que foi esfaqueado, após tentativa de assalto. Os suspeitos fugiram e a faca foi encontrada no banheiro. Em todas as ocorrências, as equipes da Guarda Municipal fazem o encaminhamento para as delegacias ou à Central de Polícia. No entanto, há casos em que os suspeitos fogem em direção ao Açude Novo.

No último dia primeiro, um homem armado, que cometia assaltos naquelas imediações, tentou alvejar a guarnição usando um revólver calibre 22. “Por sorte nossa, a arma não disparou e, após luta corporal, o homem foi imobilizado e encaminhado à Central de Polícia e preso em flagrante. Lá, foi descoberto que o indivíduo era reincidente do sistema prisional paraibano”, declarou uma integrante da Guarda Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO