Diretora do Balé Flor do Cerrado diz que grupo tem influência d’O Maior São João do Mundo

bale_flor_do_cerradoAlegria, ritmo e muita energia. Foi assim a apresentação do balé Flor do Cerrado, na noite deste sábado, 20, no tablado de quadrilhas juninas do Parque do Povo. Formado por 12 casais de dançarinos de Brasília, o balé foi trazido para O Maior São João do Mundo pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, em parceria com a SKY. “Estar aqui, n’O Maior São João do Mundo, é fantástico. Para mim, Campina Grande é um solo sagrado. Tudo aconteceu aqui. Nós carregamos tudo o que vocês fazem aqui como influência para o nosso trabalho”, disse Edilane Oliveira, diretora artística do balé, ressaltando a alegria de participar do São João de Campina Grande.

O grupo fez duas apresentações autenticamente nordestinas. A primeira, às 20h30, tem como título “Candeeiro Encantado”, e contou, por meio do xaxado, a história do cangaço e de seu personagem principal, Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. A segunda apresentação aconteceu por volta das 22h30, com influências e as cores do frevo e seus folguedos.

À tarde, porém, o grupo fez uma apresentação especial para os visitantes do Sítio São João, inclusive um grupo de jornalistas de João Pessoa e do Sudeste, que chegaram a Campina Grande neste final de semana para fazer a cobertura jornalística dos festejos juninos. “Estar aqui, n’O Maior São João do Mundo, é fantástico. Para mim, Campina Grande é um solo sagrado. Tudo aconteceu aqui. Nós carregamos tudo o que vocês fazem aqui como influência para o nosso trabalho”, disse Edilane Oliveira, diretora artística do balé, ressaltando a alegria de participar do São João de Campina Grande.

A participação do “Flor do Cerrado” n’O Maior São João do Mundo foi um momento de intercâmbio cultural sobre as raízes do povo brasileiro e encantou o grande público presente. “É uma apresentação de tirar o folego! Estou impressionada com o trabalho dos dançarinos”, disse a turista pernambucana, Marina Barbosa, que veio passar o São João em Campina Grande.

O balé Flor do Cerrado nasceu em 2011 como atração do evento “O Maior São João do Cerrado”, que leva a cultura nordestina para Brasília. Seus espetáculos são repletos de influências nordestinas, fazendo uma fusão de ritmos tradicionais como maracatu, frevo, xaxado, forró, baião e coco, com elementos da dança contemporânea e do ballet clássico.

A programação do tablado na parte inferior do Parque do Povo, contou ainda com as apresentações do Grupo Caetés, da Quadrilha da Rosa e da quadrilha Rojão do Forró.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO