Empresas interessadas em lotes do Complexo Aluízio Campos passarão por seleção

A Prefeitura de Campina Grande iniciará o processo de seleção das empresas com interesse em adquirir lotes no Complexo Multimodal Aluízio Campos. Os valores, ainda em análise, vão considerar a capacidade de investimento da empresa, perspectiva de geração de empregos no município e o cronograma de execução para sua instalação. Também será considerado se o empreendimento atende aos interesses da região.

“Há uma grande concorrência para aquisição desses lotes, mas será necessário atender a alguns critérios. Haverá um modelo legal para aquisição desses lotes, dentro de modelos pré-existentes, e toda a comercialização será encaminhada para análise do Tribunal de Contas do Estado”, ressaltou o secretário municipal de Obras, André Agra.

Conforme André Agra, a análise da capacidade dessas empresas será realizada por conselho deliberativo, que ficará responsável pela elaboração de um parecer. O conselho será composto por representantes da Prefeitura de Campina Grande, Câmara de Vereadores, Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, Câmara de Dirigentes Lojistas e da sociedade civil, entre outros.

A proposta da empresa interessada na aquisição de lotes também será analisada por um comitê técnico, que fará a elaboração de outro relatório. Em seguida, após análise dos pareceres, o processo será encaminhado para o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE), para início do processo de comercialização. A tramitação do processo é concluída com o envio da documentação ao Tribunal de Contas do Estado para fiscalização e controle.

Além do Tribunal de Contas, a comercialização, os investimentos e a aplicação de recursos no Aluízio Campos passarão pela Agência Municipal de Desenvolvimento (Amde). O processo de tramitação e venda dos lotes será ainda disponibilizado nos portais da Prefeitura de Campina Grande e da Transparência.

Também foi criado o Fundo de Desenvolvimento Aluízio Campos, que indicará os setores da Prefeitura Municipal (Educação, Saúde, Obras e Infraestrutura, entre outros) que receberão os recursos adquiridos com a venda dos lotes. “No Fundo de Desenvolvimento será estabelecido onde o gestor poderá investir os recursos da comercialização dos lotes”, assegurou Agra.

“O Complexo Multimodal Aluízio Campos é uma alternativa ousada, porém consistente, que objetiva diminuir a dependência do município dos recursos e investimentos do poder público. A proposta da atual gestão, com a aquisição do terreno, é incrementar o dinamismo e a característica empreendedora da cidade”, declarou Agra.

TERRENO – O Complexo Multimodal Aluízio Campos está instalado em uma área com mais de 800 hectares, com capacidade para instalação de negócios nos setores do comércio, indústria, ciência e tecnologia e empresas do setor de logística. No mesmo local está sendo construído um conjunto habitacional com 4,1 mil unidades dotado de completa infraestrutura. Trata-se da maior contratação do programa “Minha Casa, Minha Vida” neste ano. Em janeiro próximo, cerca de duas mil pessoas estarão trabalhando na construção desses imóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO