Empresas oferecem vagas no Dia D da Inclusão Profissional de Pessoas com Deficiência

O SINE – Sistema Nacional de Empregos do Município coordenou nesta sexta-feira (29), nas dependências do Clube da Bolsa, mais uma edição do ‘Dia D’ da Inclusão Social e Profissional de Pessoas com Deficiência e Reabilitados pelo INSS no Mercado de Trabalho.

O evento contou com a participação de empresas que ofereceram 20 vagas para trabalhadores com deficiência física. Estiveram presentes no ‘Dia D’ representantes das seguintes empresas: Kenner, Motiva, Vitamassa, Unimed, TV Paraíba e a Orbital.imagem

O coordenador do SINE Municipal, Hércules Lafite destacou a importância do ‘Dia D’, afirmando “que é uma grande oportunidade para as pessoas que têm algum tipo de deficiência física, e que na medida do possível tentarem voltar ao mercado de trabalho. As vagas não estão fáceis por parte do mercado, mas, esse evento é uma porta de entrada, é um instrumento, é um canal para que essas pessoas que desejam voltar a trabalhar tenham essa possibilidade hoje”.

O ‘Dia D’ é uma ação do Ministério do Trabalho em parceria com os Sines de todo o Brasil. Lafite acrescenta que, “a Prefeitura de Campina Grande com toda a sensibilidade administrativa que o prefeito Romero Rodrigues tem de nos confiar e dá o apoio à consolidação desse evento. Hoje temos todas essas pessoas aqui querendo voltar ao mercado de trabalho, as empresas estão presentes. O SINE dá a sua contribuição intermediando para o retorno do trabalhador ao mercado”.imagem

Para o cadastro a uma das vagas oferecidas pelas empresas, o interessado tem que apresentar o laudo emitido pelo INSS ou por organizações como a AACD, Papel Marchê, o currículo, a Identidade, CPF, Carteira Profissional, número do PIS e comprovante de residência.

Esta iniciativa integra um projeto nacional, coordenado pelo Ministério do Trabalho e Emprego no país tem o objetivo de reunir trabalhadores com deficiência e os empregadores, no mesmo espaço, para motivar o cumprimento da lei de cotas.imagem

Depois que o Ministério do Trabalho realizou uma fiscalização nas empresas instaladas em Campina Grande, as vagas começaram a aparecer.

INTERMEDIAÇÃO – A intermediação de mão-de-obra – IMO consiste em ofertar oportunidades e orientações acerca do mercado de trabalho a trabalhadores que estão a procura de emprego e aos empregadores que buscam novas contratações.

imagem

A IMO é feita por uma equipe técnica de profissionais qualificados e treinados para essa finalidade, e que está alerta as transformações e tendências do mercado de trabalho campinense.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO