Experiência da saúde municipal de Campina concorre a prêmio regional

Dr_Luzia_RESIDENCIAAs iniciativas inovadoras da Secretaria de Saúde de Campina Grande estão sendo destaque no 3º Congresso Norte-Nordeste de Secretarias Municipais de Saúde, que acontece até o dia 12 de junho em João Pessoa. A descentralização do serviço de troca de sondas, por exemplo, é um projetos implantados recentemente na rede pública municipal de saúde campinense e está concorrendo a um prêmio na edição do evento pelo serviço prestado à população.

A troca de sondas é processo de esvaziamento da bexiga que antes era realizado somente em hospitais. Hoje, o serviço também é realizado na Policlínica Luzia Cosme Dantas, nas Malvinas, e no distrito de São José da Mata ou na casa do próprio paciente nos casos de pessoas acamadas. A iniciativa levou mais conforto para os pacientes, que agora não precisam mais se deslocar até a unidade hospitalar para realizar o procedimento.

Além desta proposta, outras ideias que deram certo na gestão Romero Rodrigues serão apresentadas como modelo para que outros gestores possam reproduzir. O “Samu na Escola”, que leva noções de primeiros socorros e conscientização sobre o prejuízo ao passar trotes para dentro das escolas, será mostrado com o lançamento da ambulância nova que faz parte do projeto.

Outras ideias criativas que ajudam na prevenção e promoção à saúde, a exemplo do programa “Mexe, Campina!” estão expostas no estande montado pela Prefeitura no evento. O DengueZapp, estratégia para combate ao mosquito da dengue, que utiliza o aplicativo WhatsApp para receber denúncias de locais onde possam existir focos do mosquito transmissor da doença, também está sendo apresentado aos participantes do Congresso.

Para a secretária municipal de saúde, Luzia Pinto, a participação de Campina Grande no Congresso é um oportunidade para compartilhar os avanços da cidade na área. “Trouxemos para o evento as iniciativas mais criativas, mas temos muito mais o que mostrar, como a implantação da primeira Casa da Gestante nos padrões do Ministério da Saúde e a Unidade de Referência Hospitalar em Saúde Mental, que funciona no Hospital Municipal Dr. Edgley, por exemplo”, exemplificou.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO