Inscrição para o Garantia Safra 2017-2018 prossegue esta semana em Açude de Dentro

Prossegue esta semana a inscrição para o Garantia Safra 2017/2018, no município de Campina Grande. De acordo com o calendário, desta segunda-feira, 4, até o dia 6 de setembro, quarta-feira, as atividades vão se concentrar na Associação dos Pequenos Produtores Rurais de Açude de Dentro. Serão atendidos agricultores das comunidades Açude de Dentro, Gonçalo e Paus Brancos.

Já nos dias 11 e 12 de setembro, das 8h às 13h, na Escola Municipal Almirante Tamandaré, no Assentamento José Antônio Euflauzino, serão atendidos agricultores de José Antônio Euflauzino, Logradouro, Queimada da Ema, Currais Velhos, Fazenda Quixaba, Vitória e Venâncio Tomé.

Logo em seguida, do dia 13 ao dia 15 de setembro, também das 8h às 13h, na sede da Cooperativa do Distrito de Catolé de Boa Vista (Sede), acontecerá o atendimento dos agricultores de Catolé de Boa Vista, Salgadinho, Lucas, Estreito, Aragão, Navio, Várzea do Capim, São Pedro, Boi Velho, Pequeno Richard e Malhada de Areia.

Por fim, do dia 18 ao dia 22 de setembro, entre 8h e 13 horas, na Associação de Moradores do Distrito de São José da Mata, haverá inscrição para os agricultores Félix Amaro, Gaspar, Serrotão, Capim Grande, Castelo, Gabriel, Cajazeiras, Bosque, Mumbuca, Monte Alegre, Assentamento José Antônio Euflauzino (Monte Alegre), Serra de Joaquim Vieira, Covão, Olho D’água, Carretão, Lagoa de João Gomes, Tambor, Riacho dos Porcos, Campo de Angola, Lagoa de Dentro, São Januário, Santo Izidro, Cuités e Condomínio do Serrotão.

Conforme o secretário municipal de Agricultura, Fábio Medeiros, a inscrição destina-se a safra de 2018. Para efetivar a inscrição, o agricultor precisa apresentar documentos pessoais e, se for casado, também a documentação do seu cônjuge. Também é preciso apresentar documento da terra ou contrato de comodato ou, ainda, comprovação de arrendamento para quem não tem terra e declaração de aptidão de agricultor (Dap) atualizada.

A expectativa é de que até 3 mil agricultores sejam beneficiados só na região de Campina Grande, mas este número exato só pode ser anunciado após o processo de inscrição e de seleção feita pelo governo federal, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar, atualmente vinculada a Casa Civil do Presidente.  A contrapartida da PMCG será em torno de R$ 150 a R$ 180 mil.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO