Interdisciplinaridade marca mostra do sesquicentenário em escola

mostra_sesquicentenarioA mostra pedagógica “150 Anos de Campina”, da Escola Municipal Roberto Simonsen, aconteceu nesta quarta e quinta-feira, dias 29 e 30 de outubro, e contou com a participação de todos os alunos, num projeto de interdisciplinaridade. Os trabalhos foram desenvolvidos através de passeios, visitas e oficinas.

Cada turma trabalhou um tema relacionado a Campina Grande, como: o futebol, com Treze e Campinense; a música, com artistas como Biliu de Campina, Luan e Marinês (que, apesar de não ser de Campina, cantou a cidade); a cultura do algodão; Campina dos tropeiros; os pontos turísticos da cidade através de suas formas geométricas; coleta seletiva e reciclagem.

De acordo com a gestora da escola, professora Luciene, “a mostra pedagógica a respeito de Campina Grande, além de envolver todas as disciplinas, trouxe para a escola os pais, que participaram auxiliando os filhos na confecção das maquetes. Aqui, tivemos a oportunidade de descobrir muitos talentos”.

A professora de Ciências, Tânia Bezerra, desenvolveu com seus alunos o projeto “Sustentabilidade e Resíduos Sólidos na Escola Municipal Roberto Simonsen – Uma Proposta Metodológica para uma Educação Cidadã”.

A reciclagem é o processo que visa transformar materiais usados em novos produtos com vistas à sua reutilização. Os alunos construíram um carrinho com material reciclado e uma espécie de pião utilizando CD, plástico e parafuso. Maquetes dos pontos turístico da cidade foram confeccionadas, como o Açude Velho, Pirâmide do Parque do Povo, a Catedral, o Eldorado, a Boate do Campinense, a chegada da Luz a Campina Grande, o Museu dos três pandeiros, a Catedral, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO