Isea inscreve para primeiro curso de formação de doulas

video-iseaTranquilizar, auxiliar tecnicamente e ajudar emocional e psicologicamente as mulheres que dão à luz, é isto que faz uma doula. Elas são pessoas capacitadas para dar assistência às mães, desde o pré-natal, passando pelo momento do parto, até o pós-parto, através da conversa e do apoio às gestantes, atendendo aos desejos das mães. Como a figura da doula contribui para o sucesso da gravidez e do parto, o Instituto de Saúde Elpídio de Almeida – Isea está com inscrições abertas até o dia 22 de agosto para o Primeiro Curso de Formação de Doulas Comunitárias de Campina Grande.

Formulário de Inscrição – Curso de Doula

Serão capacitadas 20 mulheres, entre os dias 27 e 30 de agosto, e elas já começarão a atuar na primeira quinzena de setembro. As alunas do curso terão suas práticas voltadas para a assistência à gestante durante o trabalho de parto, e para isso receberão capacitação teórica sobre o papel que devem assumir, as noções de anatomia e fisiologia, orientações sobre como ajudar as mães para a diminuição das dores no processo e informações sobre amamentação e cuidados com o recém-nascido. Passada esta etapa, elas terão 10 horas de atividade prática. A carga horária total do curso é de 34 horas.

Para se inscrever, é preciso acessar o site da PMCG (www.campinagrande.pb.gov.br), baixar o formulário de inscrição, preencher e enviá-lo para o endereço eletrônico doulascomunitarias@outlook.com, até o dia 22 de agosto. No dia posterior ao prazo final da inscrição, as candidatas receberão por e-mail o resultado da seleção. É necessário ser do sexo feminino, ter no mínimo dezoito anos de idade, nível de escolaridade fundamental completo e disponibilidade de 24 horas mensalmente divididas e distribuídas em dias diferentes.

Formulário de Inscrição – Curso de Doula

O curso vai ser ministrado no Isea por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e as próprias doulas que já trabalham na unidade. A iniciativa é do Núcleo de Pesquisa, Estágio e Educação Permanente – Nupep do Isea e do Instituto de Pesquisa Professor Joaquim Amorim Neto – IPESQ. “A atuação de uma doula é na promoção do conforto e suporte contínuo para a gestante. Ela é aquela pessoa que vai ficar do lado da gestante conversando, pegando na mão, explicando o que está acontecendo durante o parto e depois acompanha em exercícios para a recuperação da mulher. Aqui no Isea, a presença delas acalma e auxilia as mães e até os acompanhantes, de modo a facilitar o trabalho da equipe especializada no parto”, disse a diretora geral do Isea, Marta Albuquerque.

CONTINUIDADE – As doulas que trabalham voluntariamente no Isea participam do programa Parto Humanizado, uma ação que incentiva o parto natural e o realiza na água. A ação faz parte da política da Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande de assistência e atenção às grávidas do município.

Programas como a Rede Cegonha têm auxiliado de forma humanizada as gestantes nos períodos pré e pós-parto e também no momento do nascimento, incentivando o parto normal, oferecendo o parto humanizado, dando atendimento e acompanhamento mais próximo da casa das mulheres. Já o projeto “Doutores da Amamentação”, por exemplo, que foi lançado este mês, tem o objetivo de incentivar e orientar para o aleitamento materno, outra prática humanizada que melhora as condições de vida do bebê.

Formulário de Inscrição – Curso de Doula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO