Jazz americano invade palco d’O Maior São João do Mundo

jazz_palco_sj_2016Em sua 34ª edição, O Maior São João do Mundo deu mais uma demonstração de diversidade e multiculturalidade, trazendo para o Parque do Povo, pela primeira vez, uma orquestra americana para tocar jazz. Na noite desta terça-feira, os campinenses foram presenteados com uma apresentação, inédita no Nordeste, da Luther College Jazz Orchestra, que, além do jazz americano, tocou clássicos da MPB, como Aquarela Brasileira e Asa Branca.

Embora diferente do que comumente é tocado durante os festejos juninos, o ritmo conquistou o público presente ao Parque do Povo. O maestro, Tony Gusman conduziu os músicos no palco principal e destacou que esse momento tinha um significado ímpar, já que foi a primeira apresentação da  Luther Collage Jazz na Paraíba, “Agregar o jazz às tradições musicais do Nordeste faz muito sentido. Também adoramos a música brasileira. Nos EUA escutamos Samba, Bossa Nova e Chorinho, estamos conhecendo o estilo nordestino de fazer música. É uma música curiosa”, disse.

A incorporação de clássicos da música nordestina ao estilo jazz encantou os campinenses, que tiveram o privilégio de assistir, no Parque do Povo, uma orquestra erudita, sonorizando personalidades consagradas como Jackson do Pandeiro, Marinês e Luiz Gonzaga, além do espetáculo natural que os músicos proporcionaram, interpretando grandes composições do Jazz.

Os jovens músicos da Luther Collage Jazz relataram que Campina Grande é uma cidade impressionante, grandiosa e que possui um progresso invejável. Eles agradeceram a recepção por parte dos campinenses e esperam retornar em outras edições d’O Maior São João do Mundo. Ao final da apresentação, a Luther College foi aplaudida de pé pelo público presente ao Parque do Povo.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO