Maior São João do Mundo é atrativo para público da Copa no NE

Romero_fala_lanc_sj_14O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, confirmou nesta segunda-feira, 19, que os festejos do Maior São João do Mundo tornaram-se atrativos para os torcedores da Copa do Mundo que estarão no Nordeste. “Campina Grande tem uma boa posição geográfica e realiza o maior evento junino do País. Por isso, há um interesse pela cidade e pelo São João por parte dos torcedores que vão assistir aos jogos da Copa no Recife, Natal, Fortaleza e Salvador”, declarou, antes de anunciar a programação oficial do Maior São João do Mundo.

Com relação ao município estar no centro das atenções paralelas à Copa do Mundo, o prefeito disse que a programação do São João teve como meta retratar a cultura local, não apenas com a contratação de bandas e cantores conhecidos nacionalmente, mas também valorizando os artistas locais e as quadrilhas juninas. Outras mudanças anunciadas pelo prefeito foram a ampliação da ilha de forró, atendendo solicitação dos turistas que pediam um espaço maior para dançar ao som dos trios de forró.

Romero também lembrou que os festejos serão realizados no clima do sesquicentenário de emancipação política da cidade e, por isso, os destaques para a preservação da cultura regional e as homenagens que lembram a Campina de outras décadas. O prefeito destacou o incentivo às quadrilhas juninas e grupos culturais. “São atrações muita procuradas por turistas”, comentou Romero, que entregou uma contribuição financeira de R$ 150 mil à Associação das Quadrilhas Juninas de Campina Grande.

Além do Parque do Povo, Romero frisou que os festejos juninos que acontecerão nos distritos de Galante e São José da Mata. Segundo o prefeito, estão sendo implementadas a estrutura logística e de apresentação de shows nesses locais. Também está sendo recuperado o acesso até Galante. No distrito deverá ser montando um estacionamento exclusivo para ônibus, permitindo a retirada desses veículos das ruas centrais.

CUSTOS – Romero Rodrigues confirmou que um evento do porte do Maior São João do Mundo, com duração de 30 dias, precisa de recursos e parceiros para sua realização. No ano passado, segundo o prefeito, os investimentos do Município foram de, aproximadamente, R$ 5 milhões. Entretanto, neste ano, a meta é reduzir esse investimento. “Sabemos que há retorno, tanto pela preservação da cultura quanto por parte da relação com o ICMS, mas precisamos reduzir custos”, ponderou.

A Prefeitura de Campina Grande já solicitou ao Governo do Estado R$ 3 milhões para auxílio na promoção da festa. Há também uma empresa responsável pela captação de recursos e o Banco do Brasil, conforme reunião ocorrida na semana passada, em Brasília, contribuirá com R$ 300 mil. “Estamos solicitando contribuições que ajudam a manter a grandeza da festa. No ano passado foram realizadas parcerias com empresas privadas e Governo Federal. Conseguirmos nessas parcerias R$ 5 milhões”, revelou o prefeito.

COPA DO MUNDO – Romero Rodrigues também revelou que, caso o Brasil vá para os jogos finais da Copa do Mundo, deverão ser disponibilizadas atrações no Parque do Povo para que os campinenses tenham mais uma opção para assistir aos jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO