Mais de 700 profissionais apresentando problemas relacionados ao trabalho foram atendidos neste ano pelo CEREST

O Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (CEREST/CG), órgão vinculado à Secretaria de Saúde de Campina Grande, notificou no período de janeiro a novembro deste ano cerca de 330 casos de trabalhadores que apresentavam agravos e doenças relacionados ao ambiente de trabalho. Nesse mesmo período, a unidade atendeu 725 pessoas que foram referenciadas e/ou contra referenciadas para este serviço.

Os profissionais do CEREST também realizaram cerca de 50 inspeções em empresas de vários segmentos, a exemplo do comércio, que contribuiu com resultados satisfatórios para os trabalhadores. A coordenadora do órgão, Anna Karla Souto Maior, disse que a maioria das inspeções efetuadas foi demandada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande e Região.

Através de parceria com instituições de ensino (escolas técnicas, universidades públicas e privadas), o CEREST promoveu ações educativas, com destaque para palestras com ênfase na Política Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora (PNST). Os técnicos participaram de nove SIPATs – Semana de Prevenção de Acidentes de Trabalho, atendendo solicitação do SESI, Cavesa, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Aeroporto João Suassuna e supermercados.

Outra importante ação do CEREST envolveu os técnicos e coordenadores do Centro de Referência Regional em Reabilitação em Saúde do Trabalhador (CERAST), com a extensão do Posto Avançado. O trabalho, objetivando capacitar os profissionais em notificação compulsória em saúde do trabalhador, teve duração de quatro meses.

O CEREST também acolheu cerca de 2 mil alunos dos cursos de Psicologia da Universidade Federal da Paraíba (UFCG) e de Medicina da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), durante visita técnica à unidade de saúde do trabalhador. Realizou ainda, ao longo de 2017, três grandes eventos: O II Encontro de Gestores da 2ª Macrorregião de Saúde da Paraíba (reunindo cerca de 250 participantes); a II Caminhada alusiva ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho e o I Fórum contra o Trabalho Infantil (este último em Queimadas).

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO