Médicos de UBS e hospitais participam de qualificação sobre tratamento de sífilis nesta quarta

Os médicos que atuam na Rede Básica de Atenção à Saúde em Campina Grande, além dos funcionários da UPA, dos Hospital Pedro I e do Isea participam na tarde desta quarta-feira, 3, de uma requalificação na sede do Ministério Público Estadual a partir das 13h30. O assunto abordado com os profissionais da saúde será o acompanhamento da sífilis e sífilis congênita na Atenção Básica. A ação faz parte da Campanha Municipal de Capacitação sobre a Sífilis.

De acordo com a Diretora de Atenção à Saúde, Giovanna Cordeiro, o Ministério da Saúde aplicou mudanças no tratamento da sífilis. “Estamos distribuindo a nota de recomendação que disciplina o uso da Penicilina no tratamento da Sífilis e sobre o uso do medicamento citado, já que anteriormente ele não era utilizado”, explicou.

Desde o início de janeiro os profissionais estão sendo preparados para e recebem orientações sobre o acompanhamento dos casos de sífilis nas Unidades de Saúde. Os médicos passaram a acompanhar os usuários das unidades com maior atenção para a doença, notificando os resultados positivos, visitando os pacientes em casa, fazendo análise das situações de alto risco e encaminhando os pacientes para os serviços de referência. Os usuários também já estão recebendo esses cuidados, principalmente as gestantes.

A Secretaria de Saúde de Campina Grande disponibilizou em 2015 Testes Rápidos de Sífilis e outras DSTs em todos os eventos de atendimento ao público e todas as unidades contam com o teste rápido. Além disso, os profissionais de saúde têm capacitação permanente com relação ao assunto e o Serviço de Assistência Especializada, SAE, que atende esses pacientes, mudou de lugar para oferecer uma melhor estrutura.

Fonte:  Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO