Obras do conjunto Aluízio Campos começam após assinatura do contrato com BB

romeroO prefeito Romero Rodrigues confirmou nesta segunda-feira, 11, em entrevista a uma emissora de rádio, que a licitação para início da construção do Conjunto Habitacional Aluízio Campos será realizada logo após a assinatura de contrato com o Banco do Brasil. Segundo Romero, trata-se de um projeto grandioso, com investimentos federais da ordem de R$ 274 milhões e mais R$ 22 milhões de contrapartida da PMCG, que desapropriou o terreno onde será erguido o conjunto, com 4,1 mil imóveis.

“O contrato, após ser analisado, será assinado e iniciada a licitação para construção do conjunto”, assegurou Romero. Dos R$ 22 milhões, a Prefeitura Municipal já dispõe de R$ 12,5 para início da obra. O prefeito confirmou que, com esses recursos, é possível iniciar os trabalhos na próxima semana, com a limpeza do terreno e construção das casas. “Se trabalharmos num bom ritmo, com 1,8 mil pessoas atuando diariamente, a previsão de término desta obra será junho de 2016”, frisou.

Os recursos municipais serão utilizados na infraestrutura do conjunto, mais precisamente em obras de esgotamento sanitário, abastecimento de água, subestação para transporte de esgotos e uma estação de tratamento de água. Romero Rodrigues destacou ainda que, além das 4,1 mil casas, o conjunto será dotado de toda infraestrutura necessária (água encanada, energia elétrica, esgotamento sanitário, drenagem, pavimentação e eletrificação).

O projeto contemplará ainda a vida social dos futuros moradores, com lotes destinados à área comercial e outros em que serão construídas três creches, duas escolas, dois postos de saúde, duas praças com academia e um Centro de Referência de Assistência Social (Cras). “Será uma das principais obras a serem iniciadas, neste ano, em que Campina Grande”, disse o prefeito Romero Rodrigues.

O conjunto habitacional será construído no primeiro bairro sustentável de Campina Grande, localizado na BR 104, em frente ao Parque de Exposições do Ligeiro. Todas as unidades habitacionais estarão inseridas no “Programa Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO