Palco Cultural tem programação especial na noite de véspera de São Pedro

geraldo_melo_palco_cultural_2016O Palco Cultural Zé Lagoa, no Parque do Povo, recebeu grandes atrações nesta terça-feira, 28, noite de véspera de São Pedro. A maior parte dos artistas que se apresentaram é de Campina Grande. O público acompanhou shows diversos com poesia, forró autêntico, sertanejo e cantoria.

Carlos Perê e a banda Boca do Cariri iniciaram os shows. O grupo do distrito de São José da Mata abriu a noite com forró, cantoria, declamação de poesia popular e músicas autorais. “Este espaço já se consolidou no Parque do Povo porque está resgatando a música de qualidade para o São João de Campina Grande”, disse o vocalista Carlos Perê. O acordeonista Joelson Sanfoneiro, que é canhoto, encantou o público tocando os sucessos do forró com a sanfona ao contrário.

Em seguida subiu ao palco o acordeonista Diomedes Filho. Ele é filho do saudoso sanfoneiro Diomedes, conhecido como o Dedo de Ouro. O Palco Cultural Zé Lagoa é uma homenagem ao compositor e radialista Rosil Cavalcanti. “O Dedo de Ouro” foi um dos primeiros a tocar as músicas compostas por Rosil. No show, Diomedes Filho executou os sucessos que o pai tocava. “É uma honra subir ao palco que faz uma homenagem a Rosil e poder fazer uma homenagem ao meu pai porque os dois eram muito amigos e fizeram muito pelo forró. Que bom que este espaço faz este resgate no São João de Campina”, disse.

A terceira atração da noite foi um sousense radicado em Pernambuco. Geraldo Melo levou forró e a batida do sertanejo universitário para o público. “É a primeira vez que toco no São João de Campina Grande. O Parque do Povo é para qualquer músico nordestino como o Maracanã para os jogadores”, disse o artista que se apresenta no dia 19 de agosto no programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo. O vocalista, que também toca violão, tocou músicas conhecidas do público e apresentou canções autorais.

Pepysho Neto, última atração da noite, nasceu em Campina Grande, mas foi batizado em Caruaru. Perguntado sobre a polêmica que envolve a festa junina de Campina e a da cidade pernambucana, ele respondeu que prefere a Rainha da Borborema. O compositor e cantor, que já recebeu vários prêmios no festival Forró Fest, apresentou as suas canções que misturam forró com ritmos nordestinos. Ele também cantou Marinês, Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga.

Nesta quarta-feira, 29, estão previstos para o Palco Cultural Zé Lagoa os shows do campinense Roninho do Acordeon, o trio Os 3 do Xamêgo e Forró Trakino.

imagem

Graldo Melo esquentou o Palco Zé Lagoaimagem

Geraldo Melo com muito forró e batida sertanejaimagem

Nas barracas a festa continuo firme nesta véspera de São Pedro

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO