PMCG finaliza audiências com moradores do entorno do Riacho das Piabas

reuniao_seplan_riachoA Prefeitura Municipal de Campina Grande finalizou, na noite desta terça-feira (26), o ciclo de reuniões com representantes das comunidades do entorno do Riacho das Piabas. O encontro aconteceu na Escola Municipal Professora Luzia Dantas, no Alto Branco. Participaram do evento moradores dos bairros do Jardim Continental, Rosa Mística e Jardim Menezes.

O prefeito Romero Rodrigues foi representado pelo secretário de Planejamento, Márcio Caniello, que estava acompanhado pela equipe técnica da Seplan. Além dele, falaram em nome da PMCG membros das secretarias de Saúde, Cultura e Assistência Social, e da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP). A Cagepa e a Polícia Militar também mandaram representantes para a audiência.

Márcio Caniello apresentou o projeto de revitalização do Riacho das Piabas, que será viabilizado através de um concurso nacional em parceria com o Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), que também estava representado no evento. O concurso será lançado brevemente, dentro das comemorações dos 150 anos de emancipação política de Campina Grande.

O secretário falou também sobre os principais projetos da PMCG, a exemplo da construção da Alça Leste, da revitalização da Feira Central, do calçamento de diversas ruas e, reforçando as ações sustentáveis, Caniello enfatizou também a desapropriação de 20 hectares (de 60 no total) da Mata do Louzeiro. No local, será construído um parque com equipamentos para lazer e esporte.

“Este governo do prefeito Romero Rodrigues quer ouvir, quer dialogar com as pessoas. Essa é a marca dessa gestão. Estamos aqui para conversar com as pessoas e nos prontificarmos a resolver, dentro das nossas condições, os problemas dessas comunidades, sempre aliando sustentabilidade ao desenvolvimento”, explicou Caniello.

Em seguida, os moradores expuseram, de forma democrática, seus anseios no que diz respeito ao trabalho da prefeitura em diversos setores. Os representantes da PMCG ouviram as reivindicações e explicaram como pretendem resolver os problemas, seja a curto, médio ou longo prazo.

A série de reuniões foi proposta pela Articulação pela Revitalização do Riacho das Piabas (ARRP), que é formada pelos representantes das comunidades próximas ao manancial e congrega entidades públicas e privadas, a exemplo de escolas, igreja católica, ONG’s, Embrapa, Exército Brasileiro e a UFCG.

1 comment

  1. Rodolfo

    É uma proposta maravilhosa da prefeituara de c.g.ante tarde do que nunca só que acho que devemos tambem unir forças para não só revitalizar o riacho mas reaproveitar essas aguas que há muitos anos serviram o povo campinense, visto que estamos numa grande crise de racionamento de agua não temos água de qualidade e seria mais uma opção de fornecimento de água pelo menos para as comunidades proximas. parabens pela iniciativa vamos colocar em pratica .muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO