PMCG recupera imóvel para polícia utilizar durante o São João

recupercao_casaOs trabalhos de recuperação total pela Prefeitura Municipal de Campina Grande de um imóvel, pertencente ao Estado e abandonado no Parque do Povo, estão em ritmo acelerado. Funcionários da Secretaria de Obras do Município estão trabalhando em escala de revezamento, até mesmo durante a noite, para que a obra esteja concluída e entregue na semana de abertura do Maior São João do Mundo.

A casa, que fica situada à Rua Sebastião Donato, em frente à Pirâmide do Parque do Povo, vai funcionar como um núcleo integrado das polícias Militar, Civil e o Corpo de Bombeiros. Com essa iniciativa, as pessoas que perderem documentos ou precisarem abrir algum tipo de Boletim de Ocorrência não precisarão mais se deslocar até a Central de Polícia, no bairro Catolé.

Além disso, segundo o superintendente de Polícia Civil, Iasley Almeida, o espaço irá agregar o trabalho de toda polícia envolvida na segurança da festa. “É uma iniciativa inovadora, que só vai trazer benefícios para os forrozeiros que vão ao Parque do Povo, bem como aos moradores das ruas adjacentes”, frisou.

O imóvel está sendo recuperado totalmente com recursos próprios do Município, segundo o coordenador de Comunicação da PMCG, José Araújo do Nascimento, que lembrou que o local vinha servindo de depósito de lixo e esconderijo de marginais, que se utilizavam da casa para usar drogas e cometer outros delitos.

“Tudo estava no mais completo abandono, sem portas, janelas, telhas, pias, torneiras, vasos sanitários, e o Município tomou a iniciativa de recuperar e, com isso, poder oferecer um espaço para integrar nossa polícia, com toda essa logística, para garantir mais segurança para o cidadão”, explicou.

O assessor técnico da Secretaria de Obras, Renan Loureiro, revelou que o imóvel, antes em condições imprestáveis para ocupação minimamente digna, está recebendo todo o madeiramento novo, calhas, telhado, iluminação total e instalações hidráulicas, a fim de garantir um ambiente adequado para os policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO