Política de incentivos garante crescimento de empregos

asfora_netoO Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, atestou um quadro positivo em relação à taxa de crescimento de empregos formais em Campina Grande ao longo de 2014, especialmente no setor de serviços. Este quadro é fruto do esforço do governo municipal em atrair investimentos para a cidade, além de ações como a política de capacitação da mão de obra e de encaminhamento para o mercado de trabalho, por meio de órgãos como o SINE.

Os dados levantados, e divulgados oficialmente pelo MTE, se referem a diversos setores, como a atividade extrativa mineral, indústria, construção civil, comércio, serviços, administração pública e agropecuária. Contudo, os números atestam, especialmente, os índices de crescimento na área de serviços, no qual Campina Grande desponta como um dos principais polos da região.

Conforme levantamentos, já em 2013 o saldo total de trabalhadores, admitidos em todos os setores, chegou a 20.379. Naquele ano, só o setor de serviços respondeu pela contratação formal de 7.375 trabalhadores, numa demonstração de que este segmento econômico desfruta de grande força no município e foi capaz de absorver pouco mais de 30% dos trabalhadores que buscavam oportunidades de trabalho no mercado local.

Em 2014, o nível de admissão de trabalhadores foi bem maior. Isto porque, todos os setores da economia proporcionaram um total de admissão da ordem de 23.384, superando o quadro de 2013. Como pontos fortes, deste crescimento, destacam-se os setores de comércio, com 4.349 contratações e, sobretudo, o de serviços, que chegou a absorver 9.125 trabalhadores ao longo do ano passado.

Em contrapartida, mesmo sendo registrados no ano de 2014, 6.446 desligamentos, o setor de serviços ainda terminou o ano com um saldo de 2.679 trabalhadores empregados. Isto é também um atestado de crescimento do setor, levando-se em conta que este saldo em 2013 (admissões menos demissões) chegou a ser de 1.008 trabalhadores que concluíram àquele exercício empregados em empresas do ramo de serviços.

Na visão do coordenador do SINE Municipal, Raymundo Asfora Neto, este sucesso é fruto da política econômica adotada, pelo governo campinense, desde o primeiro dia da gestão do prefeito Romero Rodrigues. Por determinação do prefeito, as diversas pastas administrativas sempre estiveram irmanadas para a melhoria do quadro de empregabilidade em Campina Grande.

“Sob o comando do prefeito Romero Rodrigues, pastas, órgãos e diversas secretarias, como a de Desenvolvimento Econômico, estiveram integradas para proporcionar a retomada do crescimento local. O resultado disso são as novas empresas, de diversos setores, que foram implantadas na cidade, elevando-se a oferta de mão de obra”, disse.

Em relação especificamente ao SINE, Asfora Neto destacou o esforço do órgão em selecionar, treinar e enviar, ao mercado de trabalho, profissionais qualificados para o atendimento das demandas de empresas instaladas em Campina Grande. “É motivo de comemoração saber, assim, que a maioria dos que foram empregados na cidade, sobretudo em serviços, passaram pelo encaminhamento do SINE, estimulando-nos ainda mais a aprimorar este esforço em 2015”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO