Prefeito e demais lideranças de Campina Grande prestigiam entrega do eixo leste da transposição

chegada_aguas_sao_francisco_monteiroA Paraíba viveu, na tarde desta sexta-feira, 10, um momento histórico. O presidente da República, Michel Temer, inaugurou no município de Monteio, no Cariri, o eixo leste da transposição do Rio São Francisco. O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, na companhia de outras lideranças e autoridades campinenses, prestigiou a “celebração da chegada da água do São Francisco à Paraíba”, obra considerada fundamental para que a cidade possa superar a maior crise hídrica da sua história.

De acordo com o prefeito, a transposição é um antigo sonho da população campinense, sendo finalmente concretizado num momento crítico, tendo, assim, um verdadeiro caráter redentor para a segurança hídrica da maior cidade do interior nordestino.

“O povo campinense comemora hoje esta grande conquista, que é a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco, uma obra sonhada desde o Império. Devemos, neste momento, reconhecer a importância de ex- presidentes para a sua concretização. Sabemos que a obra pública não tem paternidade, mas é nosso deve agradecer, sobretudo, ao empenho do presidente Michel Temer. Em verdade, o atual presidente não mediu esforços para concluir essa etapa da transposição, que hoje é entregue à população”, comentou Romero Rodrigues.

Além do prefeito Romero Rodrigues, estiveram presentes, entre outras autoridades e lideranças campinenses, o senador Cássio Cunha Lima, o deputado federal Pedro Cunha Lima e os deputados estaduais Bruno Cunha Lima e Tovar Correia Lima.

Para os deputados Bruno e Tovar, o momento é histórico e digno de grandes comemorações por parte do povo nordestino, levando-se em conta que a transposição representará um marco no desenvolvimento regional, proporcionando segurança hídrica para cidades como Campina Grande, além de possibilitar o desenvolvimento econômico da zona rural de regiões como o chamado Compartimento da Borborema.

Ao discursar, o senador Cássio lembrou a trajetória de vários homens públicos que lutaram pela transposição das águas do Rio São Francisco, citando o empenho do saudoso senador Ronaldo Cunha Lima e do deputado Marcondes Gadelha, entre outros. Destacou que o esforço do atual governo federal, na pessoa de Michel Temer, também precisa ter o reconhecimento pela população, pois a transposição é uma obra redentora para toda a região nordestina, especialmente favorecendo estados como a Paraíba.

Cássio agradeceu o empenho do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, na reta final da obra. Afirmou que o ministro foi essencial para que o eixo leste tenha sido inaugurado hoje, mas ressaltou a decisão política do presidente do Michel Temer, que efetivamente fez com que o anseio do Nordeste fosse atendido.

Elogiando ainda a atuação do presidente da República, Cássio agradeceu o investimento de R$ 1 bilhão em obras estruturantes no Nordeste, anunciado por Temer na manhã desta sexta-feira, durante uma solenidade realizada em Campina Grande.

Já para o presidente Michel Temer, a conclusão do eixo leste traduz a “prioridade” do governo para o desenvolvimento do Nordeste. “Os projetos e as iniciativas que beneficiam a população nordestina têm recebido atenção prioritária dos nossos vários ministérios”, disse o presidente, ao lembrar, ainda, que o equilíbrio fiscal proposto pelo governo não tem negligenciado recursos para obras de infraestrutura.

O presidente Michel Temer (PMDB) também defende a ideia de que a transposição das águas do rio São Francisco para o Nordeste tem como verdadeiro e legítimo dono o povo brasileiro. “A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino. Vocês que pagaram impostos ao longo do tempo. Vocês que permitiram que nós pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra, que vai cada vez mais ser festejada”, afirmou.

A integração do São Francisco tem como objetivo levar água a cerca de 12 milhões de pessoas que vivem no sertão de quatro estados – Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. O projeto se estende por 477 km e é dividido nos eixos leste, com 217 km, e norte, com 260 km. As obras tiveram início em 2007.

Embora o principal evento desta sexta tenha sido a inauguração do eixo leste, o presidente Michel Temer também autorizou, em Campina Grande, obras na rodovia BR-230. Na cidade, ainda visitou o Complexo Aluízio Campos, que conta com 4.100 unidades habitacionais e vários equipamentos comunitários. O investimento é de R$ 300 milhões.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO