Prefeito faz visita ao Hospital da Criança e destaca ampliação do serviço

romero_hospital_criancaA Prefeitura de Campina Grande ampliou a capacidade de atendimentos do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, aumentando de 44 para 69 o total de leitos de pediatria na unidade. O setor de acolhimento e classificação de risco do serviço também foi ampliado para atender a demanda crescente do hospital. As melhorias realizadas no Hospital da Criança foram apresentadas à imprensa campinense na manhã desta quinta-feira, 10, durante uma visita do prefeito Romero Rodrigues ao estabelecimento de saúde.imagem

Os 25 novos leitos do Hospital da Criança foram instalados no segundo andar da unidade. Os atendimentos na ala serão realizados pela equipe da Faculdade de Ciências Médicas de Campina Grande (FCM), através de uma parceria da Secretaria Municipal de Saúde com a  UniFacisa.  A ala foi totalmente reformada para receber os leitos e tem quatro enfermarias, sala de procedimentos e posto de enfermagem. A instituição de ensino vai disponibilizar 20 profissionais de saúde e a Prefeitura vai custear as despesas com medicamentos, exames e manutenção da estrutura.imagem

O prefeito Romero Rodrigues destacou que, com a nova ala, o Hospital da Criança e do Adolescente agora conta com 56 leitos para internação, dez para observação e três da ala vermelha. “Graças aos investimentos da Prefeitura e das parcerias firmadas, como esta da UniFacisa, o hospital passou por uma verdadeira transformação, a partir de 2013. Hoje a unidade tem um atendimento de excelência que é reconhecido por toda a sociedade campinense”, comemorou.imagem

Já o diretor da UniFacisa, Dalton Gadelha, que também participou da visita ao Hospital da Criança, ao lado do prefeito Romero Rodrigues, ressaltou a importância da parceria da universidade privada com a Prefeitura.”Estou extremamente emocionado por encontrar uma estrutura tão bem organizada, vendo a criança do nosso município e de nossa região sendo assistida por um corpo clínico e de apoio de alto nível. Sem dúvida, é uma experiência que merece ser seguida para outros municípios”, disse.

imagem

Com ampliação da capacidade de atendimentos no Hospital da Criança, a Secretaria Municipal de Saúde está conseguindo receber, dentro do fluxo normal do serviço, a demanda de pacientes que eram atendidos no setor de pediatria do Hospital da FAP. A entidade filantrópica encerrou os atendimentos pediátricos no mês de janeiro, sob alegação de que precisaria do espaço para criar mais leitos de oncologia.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO