Prefeito lamenta a morte do escultor e professor Antônio Labas

O prefeito Romero Rodrigues lamentou a morte do escultor campinense Antônio Barbosa Guimarães Filho, carinhosamente conhecido como Labas, nesta segunda-feira, 11, às 21h, no hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa.

Labas sofreu uma parada cardíaca, após ter-se submetido a uma cirurgia para retirada de tumor maligno no olho esquerdo. Ele deixa seis filhos.

O corpo de Antônio Labas será velado, na manhã desta terça-feira, no Campo Santo Parque da Paz, Avenida Assis Chateubriand, Velame. O sepultamento ocorrerá no mesmo local, às 16h.

Segundo Romero Rodrigues, mais que um ser humano notável, Antônio Labas foi um artista que deixou sua marca como desenhista, pintor, escultor, entalhador, gravador, tapeceiro, programador visual, restaurador, ceramista, modelador e professor da Universidade Federal de Campina Grande.

Labas se graduou em Comunicação Social pela antiga Universidade Regional do Nordeste, em 1977. Ministrou Museologia (UFPB e Funarte) e Conservação de Obras de Arte (UFPB/CCT).

Romero lembra que Labas participou de várias exposições de artes plásticas e realizou trabalhos como projetos de arte pública para praças e prédios, esculturas [busto e corpo inteiro, de bronze], entalhes, placas, troféus, santos, vitrais e outras obras em Campina Grande e em várias cidades do Nordeste.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO