Prefeito recebe nesta segunda-feira ministro para assinatura da Ordem de Serviço da duplicação da BR-230

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, recebe nesta segunda-feira, 5, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, que vem à cidade com o objetivo de assinar a Ordem de Serviço para o início da duplicação da BR 230, um trecho de 31,7 km, que vai de Campina Grande até a Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo), entre os municípios de Pocinhos e Boa Vista. A solenidade terá início às 10h, no auditório Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (FIEP).

Esta obra terá início na Alça Sudoeste, a partir do final da parte já duplicada. O valor da obra é de R$ 367.900.000,00 e a previsão de término é de 36 meses. A duplicação da BR-230 nesse trecho da jurisdição de Campina Grande, observa Romero Rodrigues, é uma das obras estruturantes que integram o Planejamento Estratégico da cidade até o ano de 2035 – projeto que foi resultado de uma parceria entre a Prefeitura, a FIEP e a classe empresarial do município.

Romero ressaltou, também, a importância da obra para o Complexo Habitacional, Industrial e Empresarial Aluízio Campos, próximo ao ponto inicial dos serviços para a duplicação do trecho licitado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil.

A realização dessa solenidade da sede da Fiep foi, inclusive, alvo de recente reunião entre o prefeito campinense e o presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba, Francisco Benevides Gadelha. O encontro ainda contou com a presença do secretário municipal de Planejamento e Gestão, André Agra. O prefeito também tem interagido com o senador Raimundo Lira para tratar da presença do ministro na cidade.

De acordo com Romero, este é mais uma grande e importante obra em prol do desenvolvimento campinense e, por extensão, em benefício da vasta área consagrada como Compartimento da Borborema. “Ela vai beneficiar não só Campina, mas a chamada ‘Grande Campina’, possibilitando a integração intermunicipal, a mobilidade e a circulação de riquezas em nossa região”, garantiu.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO