Prefeitura abre matrículas com implantação de novo sistema de ensino

matriculas_2016Começaram nesta segunda-feira, 11 de janeiro, as matrículas de alunos novatos na Rede Municipal de Educação de Campina Grande. A principal novidade é a mudança no sistema de ensino, com a adoção do sistema seriado do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, em substituição ao sistema de ciclos que vigorou até 2015. Ao todo, estão sendo ofertadas 6 mil novas vagas, sendo 2 mil de pré-escola e 4 mil no ensino fundamental.

As matrículas devem ser feitas diretamente nas unidades de ensino da Rede Municipal até 29 de janeiro. Ao todo, são 119 escolas e 35 creches. As aulas começam em 2 de fevereiro já com a adoção do sistema seriado de anos finais e iniciais do Ensino Fundamental.

Com a mudança, a metodologia de avaliação também será alterada, permitindo a avaliação contínua do desempenho do aluno através de notas e permitindo a chamada retenção em caso de reprovação. Com o sistema de ciclos adotado anteriormente, só havia retenção por falta e a avaliação adotada um modelo qualitativo, sem a atribuição de notas.

Com as mudanças, a expectativa é melhorar o desempenho de ensino e aprendizagem do estudantes, conforme explica a secretária de educação do município, professora Iolanda Barbosa. “Estamos adotando um sistema já alinhado com o sistema nacional e com a base nacional comum do currículo da educação básica. Antes não tínhamos retenção e agora teremos uma avaliação sistemática e o acompanhamento dessa aprendizagem da criança, do 1º ao 9º ano”, afirmou.

Outra novidade para o ano letivo 2016 é a ampliação do atendimento para crianças de 4 e 5 anos com a abertura de turmas de pré-escola em todas as escolas municipais.

“Nós ampliamos a oferta da pré-escola para garantir a meta do Plano Municipal de Educação que universaliza o acesso à escola para todas as crianças de 4 a 5 anos”, explicou a secretária de Educação do município, professora Iolanda Barbosa. As escolas estão passando por adaptações na estrutura para receber as crianças menores, a exemplo da construção de banheiros específicos para esta faixa etária.

A Secretária Iolanda Barbosa também faz uma convocação aos pais e à comunidade para que não deixem nenhuma criança fora escola. “Pedimos aos pais que confiem na Rede Municipal, que tem feito um trabalho consistente com a reestruturação das nossas escolas e creches, com a melhoria do sistema de ensino e a valorização do educador. Estamos construindo sete novas creches e 12 quadras em escolas municipais e vamos continuar avançando”, garantiu.

DOCUMENTAÇÃO

No ato da matrícula, devem ser apresentados os seguintes documentos: cópia da certidão de nascimento ou casamento, atestado ou carteira de vacinação atualizada, duas fotos 3 X 4, cópia do comprovante de residência, transferência ou declaração emitida pela escola de origem, Cartão do SUS, Cartão do Programa Bolsa Família, Número do NIS (Número de Identificação Social) da criança de 0 a 48 meses e RG e CPF do educando.

Em alguns casos, é necessária a apresentação da cópia do comprovante de guarda ou tutela. A matrícula e a apresentação dos documentos devem ser feitas pelos pais ou responsáveis da criança ou pelo próprio estudante nas matrículas para Educação de Jovens e Adultos (EJA). A falta de documentação não impedirá a matrícula, devendo o aluno apresenta-la prazo máximo de 30 dias para a consolidação do processo.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO