Procon limita em 15% reajuste nas mensalidades escolares em 2016

O Procon Municipal, depois de audiência pública com o Sindicato representante das escolas particulares em Campina Grande estabeleceu que os reajustes nas mensalidades desses estabelecimentos de ensino, a serem postos em prática em 2016,  não podem exceder ao  percentual de 15%.

Foram signatários do Termo de Audiência, em encontro realizado na tarde da quinta-feira, 12, o presidente do Sindicato, Antônio Andrade Irmão: o vice-presidente Paulo Gustavo Loureiro Marinho, e o advogado Alberto Catão, além do coordenador executivo do órgão, Paulo Porto de Carvalho Junior.
O objetivo é prevenir eventuais práticas abusivas para com o consumidor campinense.

A iniciativa do Procon visa ao objetivo é prevenir eventuais práticas abusivas contra o consumidor campinense. O órgão estabeleceu ainda,  um prazo de 10 dias, contatos a partir da realização da audiência, para que o Sindicato disponibilize a lista dos filiados a sua instituição,  a fim de facilitar o controle e acompanhamento por parte do Procon Municipal.

O consumidor que sentir-se lesado deverá procurar o órgão, que está localizado à rua Afonso Campos, Nº 304, segundo andar, no centro da cidade, ou acionar a fiscalização através do telefone (83) 98802-5525.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO