Profissionais da imprensa terão dia de agente de trânsito

sttp_multa_moralNeste mês dezembro, cerca de vinte profissionais radialistas e jornalistas terão a oportunidade de conhecer e vivenciar a rotina de um agente de trânsito e os conflitos na área central da cidade. A iniciativa da Prefeitura de Campina Grande, por meio da STTP, faz parte da Campanha “Multa Moral”, com a aplicação de notificações que têm a intenção de advertir de uma maneira educativa os condutores que estão desrespeitando as leis de trânsito, não aplicando uma multa monetária, mas uma multa moral, a fim de conscientizar os condutores.

Como parceira nesse projeto, a STTP conta com a força da imprensa campinense, que, com a sua importância para o desenvolvimento de uma sociedade livre e democrática, mobiliza os cidadãos, fiscaliza o poder público e tem um papel relevante na formação da cidadania de um país.

“Os agentes de trânsito são vistos com simpatia por muitos e antipatizados por outros. E a imprensa, como porta-voz dessa população que cobra muito dos nossos fiscais, será parceira nesse projeto conhecendo de perto como operar o trânsito de uma cidade”, explicou o superintendente da STTP, José Marques Filho.

Antes de irem às ruas os profissionais de imprensa (de rádio, jornal e TV) serão recepcionados na própria STTP, onde receberão o livreto informativo de notificações, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, uniforme, crachá e bloco de “Multa Moral”.

O primeiro compromisso de cada um deles será o de conhecer as instalações, obter informações sobre a rotina da STTP e, logo após, se dividirão em duplas, partindo para diferentes atividades nas ruas de Campina, sempre acompanhados de, no mínimo, dois agentes de trânsito.

A intenção do projeto da “Multa Moral” é conscientizar a população acerca da necessidade de se respeitar as leis de trânsito, fomentando a ideia de cidadania, principalmente neste período de final de ano, quando a área central da cidade tem aumentado o fluxo de veículos.

O aviso da “Multa Moral” é deixado no carro do infrator, que será notificado, por exemplo, se estacionou em vaga reservada para pessoas com deficiência, para idosos, sobre a calçada ou bloqueando o rebaixamento de uma guia. O profissional de imprensa “Agente de trânsito por um dial” poderá relatar qualquer imprudência, mediante o seu testemunhal.

O programa será realizado por todo o mês de dezembro e, ao final da campanha, será emitido um relatório estatístico com um diagnóstico da desenvoltura dos profissionais de imprensa no trânsito de Campina Grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO