Projeto “As Garotinhas” é lançado no Distrito de Galante

as_garotinhas1 O Projeto de Inclusão Produtiva com o Grupo de Mulheres “As Garotinhas”, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), por meio do Centro de Referência em Assistência Social (Cras), do Distrito de Galante, foi lançado na manhã desta sexta-feira (27), no Distrito de Galante.

De acordo com Joelma Martins, diretora de Proteção Social Básica da Semas, o Cras, entre outras ações, destaca-se pelo desenvolvimento de grupos com mulheres em situação de vulnerabilidade, com foco na inclusão produtiva, viabilizando-se, a partir disso, o Projeto “As Garotinhas”. Este título foi dado em homenagem à saudosa coordenadora e fundadora do grupo, senhora Maria Emília, que tratava carinhosamente todas as pessoas como “garotinhos” e “garotinhas”.

Conforme explicou, o foco deste grupo são as áreas gastronômica e artesanal. Para tanto, houve a compra de barracas em favor dessas mulheres, numa parceria entre a PMCG e o governo federal no incentivo à inclusão social, melhoria de renda familiar e dinamizar a economia de Galante.

as_garotinhasNestas barracas, as participantes do projeto mostram e comercializam diversos produtos na área gastronômica, como bolo de mandioca, tapioca, sucos, bolo de pé de moleque, creme de galinha, saladas, bolinho de macaxeira, feijoadas, bebidas e muitos outros. Entre os produtos artesanais, destacam-se os produzidos com pintura em tecido (toalhas e outros), além de bonecos, flores, artigos para decoração doméstica, vagonite, decoupagem e vários outros.

“Essas mulheres foram treinadas por órgãos como o Sebrae. Também devemos destacar o apoio dado pelo Projeto Capacitar, habilitando profissionalmente este grupo de mulheres”, acrescentou, Joelma, destacando que as atividades do grupo, com 15 mulheres, acontecem sempre aos sábados, pela manhã, em Galante. O Cras, por sua vez, continua oferecendo todo apoio técnico a mais esta ação inovadora no campo social.

Solenidade – A solenidade foi aberta com um discurso da representante das “Garotinhas”, Ana Paula da Silva, que agradeceu todo o apoio que o grupo vem recebendo da prefeitura municipal, sobretudo pela ação do Cras e de outros órgãos. “Hoje estamos realizando um sonho, pois conquistamos uma valiosa oportunidade de renda e de trabalho. O apoio governamental tem sido muito importante para a nossa vitória”, afirmou.

Em seguida falou a coordenadora do Cras em Galante, Cione Nóbrega. Ela ressaltou a missão do centro em descobrir e desenvolver as potencialidades produtivas das mulheres de Galante, numa ação que inclui a realização de cursos profissionalizantes.

Também falou o secretário executivo da Semas, Rubens Nascimento, que destacou o empenho do governo Romero Rodrigues em gerar oportunidades de renda e de trabalho para os segmentos sociais mais carentes. “O governo inova em meios aos desafios e dificuldades do momento. Esta é a nossa resposta para a crise atual”, destacou.

Por fim, a secretária Eva Gouveia parabenizou as participantes do novo projeto, pontuando ainda que a Semas e o Centro de Referência da Assistência Social estão de portas abertas para atender aos novos empreendedores de Galante e das demais comunidades de Campina Grande.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO