Rede Municipal comemora dia da Consciência Negra com apresentações na Praça da Bandeira

escolas_consciencia_negra

escolas_consciencia_negra

Será comemorado nesta sexta-feira, 20 de novembro, o Dia Nacional da Consciência Negra. Em Campina Grande, a data será festejada pela Rede Municipal de Educação com a realização de apresentações culturais na Praça da Bandeira, a partir das 8 horas da manhã. Estudantes de quatro escolas municipais vão apresentar danças e peças teatrais que destacam a riqueza das manifestações culturais afro-brasileiras.

O evento integra a Programação da Semana da Consciência Negra, ação promovida pela Prefeitura Municipal de Campina Grande através do trabalho integrado das secretarias municipais de Educação, Saúde e Cultura.

A abertura será com as crianças da Escola Municipal Maria José de Carvalho,      com a encenação da história infantil “O Cabelo de Lelê”. Em seguida será a vez da turma da Escola Municipal Manoel da Costa Cirne apresentar a peça teatral “Cidade ativa: um olhar para as questões étnico-raciais”.

A programação segue com a Escola Municipal José de Almeida Júnior apresentação a dança “Waka Waka”. Logo após, os atores e atrizes mirins da Escola Municipal Zena Brasileiro encenam a peça “Em Angola tem, no Brasil também”. O encerramento será com a apresentação do Maculelê, dança brasileira de matriz africana.

imagem

ESCOLAS
A Semana da Consciência mobilizou escolas da Rede Municipal entre os dias 16 e 20 de novembro com a realização de mostras pedagógicas com os trabalhos desenvolvidos pelos professores e estudantes ao longo de todo o ano letivo com enfoque na cultura negra.

Uma das unidades participantes foi a Escola Municipal Roberto Simonsen, no bairro do São José, que realizou a mostra pedagógica sobre a cultura negra na manhã desta quinta-feira, 19 de novembro.

Além de peças teatrais, declamação de poesias, apresentações de música e dança, a escola realizou um concurso de beleza negra. Houve ainda apresentações de capoeira, maculelê, além do artesanato e na culinária afro-brasileira, sob a coordenação da gestora escolar Luciene Vasconcelos.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO