Reunião define estratégias para fiscalização da venda de carne em Campina

reuniao_agricultura_carneA Prefeitura de Campina Grande vai intensificar as ações de fiscalização da produção e venda de carne na cidade. A medida foi tomada após reunião dos órgãos municipais de controle, que aconteceu na manhã desta quarta-feira, 22, na sede da Secretaria Municipal de Saúde, na Liberdade. Participaram da reunião representantes do Ministério da Agricultura, Vigilância Sanitária – Gevisa, Secretaria Municipal de Agricultura e do Procon. O encontro contou ainda com presença dos vereadores Aldo Cabral e Sargento Neto, que integram a Comissão de Agricultura da Câmara de Vereadores.

De acordo com o secretário de agricultura, Fábio Medeiros, o objetivo da reunião foi estabelecer estratégias para esclarecer e tranqüilizar a população campinense a respeito da qualidade da carne comercializada em Campina Grande.  “Por causa da Operação Carne Fraca da Polícia Federal, o consumidor tem demonstrado apreensão na hora de comprar carnes. Seguindo uma determinação do prefeito Romero Rodrigues, vamos unir forças com todos os órgãos para fiscalizar todos os pontos de venda”, esclareceu.

O secretário explicou ainda que os órgão envolvidos na ação vão elaborar um cronograma de inspeções, que será coordenado pelo Serviço de Inspeção Municipal, em parceria com a Gevisa e o Procon. “O que vamos fazer é intensificar as nossas ações de rotina, com o diferencial que, diante do problema apresentado pela operação da PF, iremos atuar conjuntamente para fiscalizar toda a cadeia produtiva, assim como os açougues, feiras e supermercados. Além disso, vamos disponibilizar no site da Prefeitura a relação dos estabelecimentos fiscalizados”, garantiu.

Segundo a secretária municipal de saúde, Luzia Pinto, as ações de fiscalização, em relação à operação da PF, serão feitas com base nas orientações que deverão ser estabelecidas pelo Ministério da Agricultura e pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa. “Estamos encaminhando um ofício conjunto para estas duas instâncias, solicitando que nos seja informado se algum lote de carne com possíveis irregularidades, identificados na operação, foi vendido para estabelecimentos de Campina Grande”, afirmou.

Já o representante do ministério da agricultura, Vandiberg Barbosa, disse que o órgão está aguardando as informações da Polícia Federal e assegurou que o Ministério está à disposição para auxiliar a Prefeitura de Campina Grande em todas as ações de fiscalização do comércio de carne na cidade. “Vamos acompanhar esta iniciativa local e ajudar para que esta força-tarefa dos órgãos municipais tenha o êxito esperado”, garantiu.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO