Reunião na STTP discutiu estratégias de organização para calendários de corridas de ruas, caminhadas e trilhas

Na manha desta terça-feira, 16, na sede da STTP, aconteceu uma reunião envolvendo desportistas coordenadores de corridas de rua, caminhadas, e de trilhas, e que objetivou discutir o calendário de eventos esportivos e com estratégias de logística, e de mobilidade urbana durante os eventos.

O encontro, foi provocado pela Prefeitura de Campina Grande, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer, e STTP, e contou também com a participação de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e Secretaria de Planejamento.   

Ao apresentar as razões da reunião, o secretário de esportes Teles Albuquerque disse ser necessário um planejamento operacional dos eventos que estarão ocorrendo na cidade, já que alguns deles tem interferência direta no trânsito, devido ao grande numero de participantes, e requerendo inclusive cuidados redobrados com a segurança de todos os envolvidos.

Durante a explanação do superintendente da STTP, Félix Neto, foi feito uma avaliação do monitoramento, interdição e fiscalização do trânsito, além do efetivo que será disponibilizado para as quase 30 corridas de rua já programadas para este ano. “só em 2017, estivemos presentes em mais de 400 eventos com nossos setores de operações, seja sinalizando interdição, com interdições ou acompanhamento e monitoramento de vias”, lembrou o dirigente, evidenciando ainda sobre as responsabilidades dos promotores, no quesito planejamento criterioso, durante a operação desses eventos.

Participando também das discussões, a secretária de desenvolvimento local, Rosália Lucas, e o presidente do Comitê Técnico de Mobilidade Urbana, Anchieta Bernardino, corroboraram da ideia de chamar a atenção de outros órgãos públicos, para uma maior integração na operação macro destes eventos.

Também foi apresentado e discutido pelos participantes a mudança de horários de concentração e inicio dos eventos. Especialmente para as corridas de rua, foram sugeridos outros horários, e vários locais de realização e percursos, como por exemplo a pista localizada no entorno do aeroporto João Suassuna, onde em breve terá seu primeiro evento, como laboratório dessas mudanças propostas, além de vias alternativas como as do entorno do Meninão, Canal de Bodocongó, entre outras.

A alteração desses locais vai diminuir, por exemplo, os transtornos causados temporariamente no   itinerários dos transportes coletivos e no fluxo de veículos, já que normalmente as interdições acontecem nos principais corredores da área central da cidade.

Outro tema debatido no encontro foi questão do cumprimento do horário de inicio e termino desses eventos, já que em alguns deles foi constatado certo atraso na programação de atividades, causando problemas para os órgãos públicos no cumprimento da escala de servidores à disposição.

Ainda estiveram participando do encontro, representantes da Federação Paraibana de Atletismo, do Corpo de Bombeiros, do Exercito, do Sindicato dos Hoteis, Bares e Restaurantes, e diversos promotores de corridas de rua, que estarão se reunindo em uma nova reunião para ajustar o calendário e as regras de realização dos eventos.

Fonte: Codecom

   Texto e fotos: Astrogildo Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO