Romero recebe Michel Temer no Aluízio Campos e celebra obras em parceria com o Governo Federal

Romero_discursa_agradecendo_visita_temerO dia 10 de março de 2017 vai ficar registrado na história como data de início de mais um ciclo de desenvolvimento de Campina Grande. Nesta sexta-feira, em uma solenidade bastante prestigiada por líderes comunitários e diversas autoridades locais, o prefeito Romero Rodrigues recebeu o presidente da República, Michel Temer, para apresentar o Complexo Aluízio Campos e agradecer aos esforços do governo federal pela chegada das águas da transposição do São Francisco ao Estado.

A solenidade também marcou a assinatura, por parte do presidente, da ordem de serviço para a triplicação da BR-230, trecho de 26,6 km de Cabedelo até as imediações do viaduto do Oitizeiro, em João Pessoa. O prefeito e o vice-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e Manoel Júnior, reapectivamente, prestigiaram o evento. Foi também anunciado pelo presidentea duplicação da parte da mesma rodovia que liga Campina Grande à Comunidade Farinha (Praça do Meio do Mundo).Romero_conversa_presidente_temer

Na companhia do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro, Romero aproveitou a oportunidade para entregar ao presidente Michel Temer e ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, duas importantes honrarias: a Medalha de Honra ao Mérito Municipal e o Título de Cidadão Campinense, proposituras do vereador Márcio Melo aprovadas pela Câmara de Campina Grande, representada na solenidade pela presidente Ivonete Ludgério.

 Além de Cássio, os senadores Raimundo Lira e José Maranhão prestigiaram a solenidade. Os deputados federais paraibanos Aguinaldo Ribeiro, Pedro Cunha Lima, Rômulo Gouveia, Hugo Motta, Benjamin Maranhão e Efraim Filho também estiveram presentes, além do ex-senador Cícero Lucena e do suplente Deca. Os deputados estaduais Bruno Cunha Lima, Tovar Correia Lima, Daniella Ribeiro, Renato Gadelha e Guilherme Almeida, Manoel Ludgério (licenciado e secretário chefe de Gabinete da Prefeitura de Campina Grande) marcaram presença, além de inúmeros prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças de todo o Estado.

“O povo campinense, com grande emoção, comemora hoje grandes e históricas conquistas, principalmente a chegada das águas da transposição do Rio São Francisco. É uma obra sonhada desde o Império. E obviamente deve-se reconhecer a importância dos presidentes Fernando Henrique Cardoso e Lula, que iniciou a obra, e da presidente Dilma, em que pese a letargia do prosseguimento nesse último período. Sabemos que a obra pública não tem paternidade, mas é nosso deve reconhecer a agradecer ao empenho do governo Michel Temer, que não mediu esforços para acelerar o andamento e concluir essa etapa da transposição”, registrou Romero Rodrigues.

Mais adiante em seu discurso, o prefeito de Campina Grande ressaltou a importância da duplicação da BR-230, no trecho que liga a cidade até a Praça do Meio do Mundo, e lembrou que outra necessidade da região é a igual adequação da BR-104, que interliga o município a Pernambuco.

 Discurso de Temer

Após as falas do senador Cássio Cunha Lima, vice-presidente do Senado, e dos ministros Bruno Araújo (Cidades), Hélder Barbalho (Integração Nacional) e Maurício Quintella (Transportes), o presidente Michel Temer discursou para encerrar a solenidade. Ele se disse emocionado com a receptividade do povo paraibano e elogiou o prefeito Romero Rodrigues pela postura à frente da gestão municipal.

“É com uma satisfação enorme, prefeito, que estamos aqui para inaugurar e anunciar obras, ao tempo em que recebemos as suas reivindicações. A gente conhece um bom prefeito quando ele não apenas agradece, mas além disso pleiteia novas obras. E é assim que tem que ser”, pontuou.

Sobre a transposição, para Michel Temer, a paternidade da obra só pode ser concedida ao contribuinte brasileiro.  “Não quero a paternidade dessa obra. Ninguém pode tê-la. Ela é do povo brasileiro e nordestino, porque foram vocês que pagaram os impostos que permitiram fazer essa obra”, disse o presidente, durante a visita ao Complexo Aluízio Campos.

Tão logo foi encerrada a solenidade, a comitiva presidencial seguiu para municípios de Sertânia e de Monteiro, na divisa entre Pernambuco e a Paraíba.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO