Ronaldo Filho entrega monumento que homenageia líder da revolução Quebra-Quilos

ronaldo_joao_carga_daguaEm solenidade realizada na manhã desta quinta-feira (20), o prefeito em exercício de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, realizou a entrega, na Praça Jornalista José Lopes de Andrade (Praça da Fiep), da escultura em homenagem a João Vieira, o “João Carga D’água”, líder da revolução Quebra-Quilos eclodida em novembro de 1874 na feira livre de Campina e que logo se alastrou por outras vilas e povoados da Paraíba e região. O ato registra os 140 anos da revolução e marca o Dia da Consciência Negra.

Encabeçando o movimento popular que combatia os novos padrões de pesos e medidas do sistema internacional, então recentemente introduzido no Brasil e utilizado até os dias atuais, João Carga D’água, vendedor de rapadura, iniciou a invasão da feira livre de Campina quebrando as medidas usadas pelos feirantes e fornecidas pelo governo, dando, desta forma, corpo e solidez à revolta que se espalharia por várias regiões do Estado e do Nordeste, como Pernambuco, Rio Grande do Norte e Alagoas.

Como resultado, o governo imperial enviou forças militares para conter as manifestações com uma repressão violenta e prisões em massa. O monumento em homenagem a João Vieira foi uma obra idealizada por dois artistas campinenses, Cândido Freire e Jorge Elô, através de um edital aberto pela PMCG dentro das comemorações do sesquicentenário da cidade, e produzido através de uma pesquisa de campo com familiares e historiadores da cidade, na qual peças importantes foram destaques na obra, como a rapadura e a balança.

Recebendo com muito entusiasmo e alegria a homenagem, a senhora Maria Vieira, 90 anos, neta legítima de João Vieira, conceituou a importância deste momento como sublime, por tratar-se de um reconhecimento a um homem batalhador que liderou um movimento enraizado nos fatos históricos de Campina Grande.

“Muito feliz, nunca deixei de lembrar e recordar o meu ente e agora somos contemplados com uma estátua que coloca entre os tantos guerreiros o João Vieira. Agradeço muito à Prefeitura Municipal de Campina Grande por proporcionar tal sentimento”, afirmou.

Já o prefeito em exercício ressaltou o engrandecimento do largo do Açude Velho, espaço que se distingue por suas homenagens a grandes artistas e figuras da nossa história. “Como podemos observar, com muito saudosismo, as margens do Açude velho tornaram-se um grande encontro da nossa história. São os tropeiros, os pioneiros, os eternos Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga, e agora o grande puxador da revolução Quebra-Quilos, o nosso João Carga D’água”, ressaltou Ronaldo Filho.

Ainda dentro das homenagens, houve apresentações de grupos de capoeira e danças folclóricas, além de discursos de membros ligados ao movimento negro e quilombola do Estado. Na ocasião, os representantes enobreceram a iniciativa da Prefeitura de Campina Grande ao homenagear um ícone das lutas do povo campinense, paraibano e brasileiro, justamente no momento em que se comemora o Dia Nacional da Consciência Negra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO