Samu na Escola começa atividades de 2017 nesta terça

unidade_movel_samu_escolaO programa Samu na Escola começa o quarto ano de execução nesta terça-feira, 20, em Campina Grande. A primeira escola de 2017 será o Instituto Criança Esperança, no Catolé. Este ano devem ser contempladas 30 unidades com o projeto, entre públicas e particulares.

O Samu na Escola foi implantado para conscientizar e educar as crianças sobre a importância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, depois que os técnicos do Núcleo de Educação Permanente do Samu identificaram que a maioria dos trotes passados para o serviço era de crianças no horário do intervalo das aulas. Desde que o programa foi lançado, em 2014, os trotes contra o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência vêm caindo cerca de 50% a cada ano.

Desde o início, mais de 60 escolas já receberam o projeto. Cada colégio recebe os profissionais durante uma semana. Eles fazem oficinas teóricas e práticas com alunos de 8 a 12 anos de idade, passando orientações sobre primeiros socorros e a forma correta de acionamento dos serviços de urgência e emergência. Ao fim da semana, os alunos mais empenhados no projeto recebem fardamento mirim de socorrista e passam a integrar simbolicamente a equipe do Samu.

“Eles ficam maravilhados com tudo, aprendem sobre como funciona o nosso serviço, deixam de fazer os falsos chamados de socorro e ainda conscientizam outras pessoas em casa e na rua sobre a necessidade de colaborar com o serviço”, disse a Coordenadora do Samu na Escola, Loyane Figueiredo.

Para que uma escola receba as oficinas do Samuzinho, os diretores devem entrar em contato com o Núcleo de Educação Permanente do serviço, que funciona na Avenida Almeida Barreto, no bairro Estação Velha.

Fonte: codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO