Secretaria inicia ações de saúde do trabalhador na campanha Abril Verde

abril_verde_treinamentoO Centro de Referência em Saúde do Trabalhador de Campina Grande – Cerest/CG, iniciou uma série de ações da campanha Abril Verde, que orienta e chama a atenção dos trabalhadores para a necessidade de cuidados com a saúde e para a prevenção dos acidentes de trabalho.

Esta semana, Agentes de Combate às Endemias e fiscais e inspetores da Gerência de Vigilância Sanitária – Gevisa, participaram de uma capacitação sobre H1N1 com a Gerência de Vigilância Ambiental. Eles foram treinados para prevenir a contração da doença.

Além deste trabalho, os profissionais do Cerest estarão realizando palestras até o fim do mês em hospitais públicos tratando sobre outros tipos de prevenção. Na próxima semana será feita uma mobilização em semáforos da cidade em parceira com escolas técnicas para informar motoristas sobre os perigos a que estão expostos os profissionais nos locais de trabalho. “A ideia é criar uma conscientização para a necessidade de cuidados essenciais ao desempenhar qualquer atividade”, disse a Coordenadora do Cerest, Ana Karla Souto. Ainda acontecerá um debate sobre o assunto na Universidade Estadual da Paraíba no dia 27 de abril.

No dia 28, Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho, será realizada uma caminhada saindo da Praça do Trabalho, no bairro São José, à Praça Clementino Procópio, no Centro. Os participantes colocarão cruzes em canteiros simbolizando um cemitério das vítimas de acidentes de trabalho. Durante o percurso haverá declamação de cordel temático e no ponto de chegada serão oferecidos serviços de saúde, a exemplo de aferição de pressão arterial e teste de glicemia, exposição de material educativo, informações sobre saúde do trabalhador e prevenção de acidentes.

Na oportunidade, o Ministério Público do Trabalho fará a entrega de Equipamentos de Proteção Individual a pessoas que trabalham com materiais recicláveis.

Em 2015, foram notificados três casos de óbitos envolvendo trabalhadores em Campina Grande e 531 casos de Acidente de Trabalho, 387 envolvendo homens e 144 com mulheres. Foram registrados 44 casos de Lesão por Esforço Repetitivo e 129 envolvendo pessoas contaminadas por material biológico, de acordo com os dados notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação. 88 acidentes foram registrados na construção civil.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO