“Semana do Bebê” vai discutir casos de microcefalia

Iolanda_semana_bebeTeve início nesta segunda-feira, 07,  e vai até o dia 11 de dezembro, a IV Semana do Bebê de Campina Grande. A abertura oficial da mobilização, realizada pela Prefeitura, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância – Unicef, aconteceu pela manhã no Hospital Municipal da Criança e do Adolescente. O objetivo da estratégia é promover a defesa dos direitos de bebês, gestantes e mães puérperas, com ações de conscientização sobre educação, saúde e garantia de direitos essenciais.

Na abertura das atividades da mobilização, a secretária-executiva de saúde, Eudezia Damaceno, explicou que, nesta edição, a Semana do Bebê vai contribuir no enfrentamento do surto de casos de microcefalia registrados na cidade. “É um momento mais que oportuno para levarmos esclarecimentos às gestantes. Por isso, estaremos em todos os hospitais, Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas falando da prevenção ao Zika vírus e também falando da assistência às gestantes e aos bebês com microcefalia”, assegurou.

Ainda sobre o tema da microcefalia, dentro da programação da Semana do Bebê será realizado um debate sobre o tema. O “Fórum Perinatal da Rede Cegonha – Estado de Emergência Sanitária: Microcefalia” vai acontecer na quarta-feira, 09,  no auditório do Ministério Público da Paraíba. Já no dia seguinte, todas as escolas da rede municipal de educação irão realizar atividades simultâneas sobre a prevenção ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Além do problema da microcefalia, a Semana do Bebê também irá outros temas importante como os direitos da gestantes, da puérpera e do bebê, amamentação, vacinação, vínculo afetivo com as crianças e brincadeiras para a primeira infância, por exemplo. A secretária de educação, Iolanda Barbosa, esclareceu que as discussões da mobilização vão contribuir para elaboração do Plano Municipal da Primeira Infância, que é o período compreendido da concepção do bebê até o ingresso da criança na educação formal.

“O documento vai ajudar a nortear a criação e execução das políticas públicas voltadas para as nossas crianças campinenses, além de fortalecer as políticas que já foram implantadas na gestão do prefeito Romero Rodrigues, tornado-as mais eficientes. Um exemplo disso foi a ampliação do número de matrículas nas nossas creches e no próximo ano teremos ainda mais vagas”, disse a secretária Iolanda Barbosa, que também é articuladora local do Selo Unicef – Município Aprovado.

A Semana do Bebê levará ações aos hospitais da cidade, entre eles o Hospital Municipal da Criança e do Adolescente, Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), Hospital da FAP e Clipsi, além das policlínicas. Nesta edição, o evento conta também com o apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT-PB), Instituto Alpargatas, Unimed e da Facisa-FCM.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO