Semas e CERM discutem violência contra a mulher nas escolas

O Centro de Referência em Assistência Social (CRAS Mutirão), através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), realizou palestras na última quinta-feira, 15, na Rede Municipal de Ensino, em parcerias com o Centro de Referência Estadual de Violência Contra a Mulher (CERM Fátima Lopes).

Dando continuidade às comemorações alusiva ao Dia Internacional da Mulher o CRAS Mutirão, em parceria com o Centro de Referência Estadual de Violência Contra a Mulher (CERM Fátima Lopes), promoveu um dia de prestação de informações sobre violência doméstica e contra a mulher.

Na Escola Municipal Paulo Freire, localizada no bairro do Mutirão, estiveram presentes 57 mães e responsáveis dos alunos. Na ocasião, foram mostradas diferentes formas de violência sofrida pelas mulheres ao longo da vida. Na Escola Municipal Padre Antônio, no bairro de Bodocongó, o encontro aconteceu com 128 jovens.

O CRAS, por meio da proteção básica, desenvolve políticas públicas em defesa da mulher, potencializam mensalmente nos equipamentos sociais como escolas, creches, associações e clube de mães, palestras socioeducativas de forma preventiva, consequentemente, fortalecendo os vínculos familiares, um trabalho de diálogo e enfrentamento para com os usuários.Conforme o CRAS, quando se trata de violência contra a mulher podem-se assumir diversos tipos de abusos, como o físico, verbal, emocional, econômico, religioso e sexual, muitas vezes praticados pelos seus cônjuges ou parceiros.

Para Valdejane Galdino, coordenadora do CRAS Mutirão, para discutir assuntos tão presentes nos lares do Brasil não há idade nem classe social. “Nós, enquanto política pública em defesa da mulher, temos que nos unir para proliferar a cultura da paz. Estar presente em todos os espaços para combater a violência contra a mulher, passamos para criança e adolescentes que, com essas informações, elas possam entrar em defesa das mães, irmãs, tias, primas e vizinhas,” destacou a coordenadora.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO