Semas promove mobilização contra o trabalho infantil no distrito de Galante

A Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), da Prefeitura de Campina Grande, através do Serviço de Erradicação ao Trabalho Infantil (Peti), Centro de Referência em Assistência Social (Cras) e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vinculo (SCFV), realizou nesta terça feira, 21, uma mobilização no distrito de Galante contra a exploração do trabalho infantil.

A marcha percorreu as ruas da localidade com o intuído de alertar a população sobre os direitos e deveres das crianças e adolescentes.

Segundo a lei nº 8.069, do Estatuto da Criança e Adolescentes, é dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança, adolescente e ao jovem o direito à vida, saúde, ao alimento, educação e lazer, além de colocá-los a salvo de toda a forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

O Cras Galante detectou um número muito alto de crianças e adolescentes na exploração sexual e trabalho infantil.

Com o objetivo de retirar as crianças e adolescentes do trabalho considerado perigoso, penoso, insalubre, ou seja, o trabalho que coloque em risco a saúde e a segurança, e nas demais situações que prejudiquem o desenvolvimento físico e psicológico, priorizam o desenvolvimento de oficinas de dança, canto e pedagógica, desenvolvendo o lúdico, sem pular nenhuma etapa do desenvolvimento infantil.

Segundo a coordenadora do Cras Galante, Cione Nóbrega, por ter uma Zona Rural grande, é comum encontrar no distrito crianças e adolescente que deixam de ir à escola para trabalhar na roça.

“O Cras desenvolve um trabalho contínuo, em parceria com o Ministério Publico do Trabalho, Peti e SCFV, de alerta à população que trabalho infantil é crime”, destacou Cione.

A população pode ajudar a combater essa pratica. A recomendação é não comprar produtos vendidos por crianças, não contratando menores de 16 anos, exceto em condição de menor aprediz, a partir de 14 anos, e através de denuncia no disque 100.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO