Seminário debate políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes

seminario_crianca_adolescenteOs jovens integrantes do Núcleo de Cidadania das Adolescências (NUCA) participaram na manhã desta terça-feira, 22, do seminário “Ser Adolescente”, que discutiu problemas existentes nas comunidades em que esses alunos estão inseridos. O encontro também apontou sugestões para a elaboração de políticas públicas direcionadas às crianças e adolescentes.

A ação faz parte do trabalho da Prefeitura de Campina Grande para atender aos critérios do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e receber o selo de aprovação da entidade (Edição 2013/2016). O selo será concedido aos municípios do semiárido brasileiro que respeitam e investem em ações de proteção e desenvolvimento da infância e da juventude.

O seminário “Ser Adolescente” foi realizado no Centro de Tecnologia Educacional (CTE) e conduzido pelos facilitadores Arthur Rodrigues e Maria das Neves Soares. Ao final do encontro os alunos que integram o NUCA, e que representam diferentes instituições de ensino, elencaram quatro ações que eles consideraram relevantes para as escolas públicas.

Essas ações foram: oficinas direcionadas para a educação ambiental; cursos profissionalizantes, com foco na inserção do jovem no mercado de trabalho; educação para a sexualidade e a instituição de uma semana temática voltada aos adolescentes.

“É bom participar de um seminário como esse, pois aqui a gente adquire conhecimento igual ao que aprendemos na sala de aula, só que de uma forma diferente e dinâmica”, disse a estudante Walkênia Rávilla, 14 anos, aluna da Escola Municipal Padre Antonino.

Já Erick Mayke, 18 anos, aluno do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), lembrou que os debates promovidos pelo NUCA terão impacto no futuro dos estudantes. “Direta ou indiretamente as coisas que pensamos nos encontros vão fazer parte do nosso futuro”, afirmou.

“As sugestões que saírem daqui serão inseridas na plataforma do Selo Unicef e vão ajudar, futuramente, na elaboração de planos municipais voltados para esse público”, explicou o facilitador Arthur  Rodrigues. Segundo ele, receber o Selo Unicef representará, para Campina Grande, o reconhecimento do trabalho de proteção e valorização da criança e do adolescente, que é uma das prioridades da gestão municipal.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO