Sesuma intensifica retirada de árvores e raízes para evitar quedas e acidentes

A Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente-Sesuma, de Campina Grande, com a intensidade do inverno na cidade, ampliou a fiscalização e a manutenção para evitar acidentes em decorrência da queda de árvores e aparecimento de raízes, principalmente  as mais antigas, do tipo algaroba, que segundo o secretário Geraldo Nobre Cavalcante, muitas delas plantadas de forma errada em áreas inapropriadas por ser   predominante da zona rural, ocasionando alguns transtornos para a população.

“Alguns acidentes já foram registrados, inclusive com vítima fatal e estamos ampliando essa manutenção, principalmente na Avenida presidente Costa e Silva,  Santa Rosa; Basílio de Araújo, Catolé, próximo  ao Terminal Rodoviário; Floriano Peixoto com Vila Castelo Branco e João da Mata, no centro”. garantiu. Esta última será recapeada  nos  próximos dias  e a Prefeitura por orientação do prefeito Romero Rodrigues fará uma frenagem para erradicar todas as raízes e receber novo pavimento em asfalto.

Se solidarizando com os familiares das pessoas acidentas, supostamente por conta de uma raiz no asfalto, o secretário  adverte para que as pessoas redobrem as atenções nestas áreas, principalmente em anos que chove bastante, como agora em 2018, quando as  àrvores crescem mais rapidamente e as raízes também, resultando em  pequenos relevos. “ É importante que surgindo estes casos comuniquem imediatamente a nossa secretaria para as devidas correções.

A Sesuma tem um trabalho pontual de poda e de  substituição de algumas espécies, que foram plantadas de forma inadequada resultando no aparecimento de raízes.  “  As mudas devem ser plantadas em buracos com no mínimo 40 cm de profundidade”.

Para Dr. Geraldo Nobre por ser um ano de muita chuva, a capinação aumenta, as arvores proliferam com  mais rapidez , e pede a população mais prudência, principalmente motoqueiros e ciclistas, é humanamente impossível a prefeitura ter condições de resolver estes problemas de uma vez só. “ Quando concluirmos a Costa Silva, vamos para a Floriano Peixoto, João da Mata e Basílio Araújo”, onde os riscos são maiores.

Na gestão do prefeito Romero Rodrigues, que bateu todos os recordes, com mais de 30 mil unidades, todas as mudas foram plantadas em profundidade e de espécie adequada para diminuir  os incidentes. Em toda Campina Grande ainda existem milhares de arvores que afloram muitas raízes e a Sesuma vai continuar trabalhando para outros problemas não voltem a acontecer.

Dr. Geraldo explica que sua secretaria sempre foi receptiva a qualquer reivindicação da cidade, não apenas na limpeza urbana, como também na conservação da malha viária, parte de arborização,e qualquer demanda que surgir”  vamos cuidar com zelo e carinho”, pois este  “ é nosso trabalho e nossa obrigação de dotar a cidade de uma  estrutura mínima necessária, favorável e que venha atender aos anseios da população”, concluiu.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO