SMS realizou em 2014 mais de quatro mil procedimentos para pacientes com HIV/Aids

aidsDurante o ano de 2014, o Serviço de Assistência Especializada – SAE realizou 4.141 procedimentos pela Secretaria de Saúde de Campina Grande, sendo 1.871 consultas com infectologistas, além de encaminhamentos para médicos de outras especialidades, e 2.270 exames, dos quais 1.120 foram laboratoriais e 1.150 específicos para verificação de carga viral, classificado como exame de rotina para pacientes com aids.

A curva ascendente na realização dos procedimentos tem uma relação direta com o crescimento da notificação de soropositivos. De acordo com dados da Diretoria de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal, o número de casos confirmados de HIV/Aids no município apresentou no intervalo de tempo de um ano, um acréscimo de 46%. Em 2013, 60 pessoas que residem em Campina Grande receberam diagnóstico positivo da doença. No ano passado, o total foi de 88 novas notificações.

“O aumento é reflexo da oferta de testes rápidos que estamos disponibilizando nas ações itinerantes de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis”, avaliou o coordenador de DST, Aids e Hepatites Virais da cidade, Silvestre Gonçalves Maia.
Para atender essa demanda crescente das pessoas que vivem com HIV/Aids e que utilizam o Serviço de Assistência Especializada – SAE, a Secretaria de Saúde vai mudar o local de atendimentos do serviço, que atualmente funciona no bairro do Centenário. A secretária de saúde do município, Luzia Pinto, informou que a expectativa é de que o novo endereço passe a ser utilizado até o próximo mês de março. “Hoje ele funciona em uma residência provisória e sua relocação para outro espaço já estava sendo avaliada pela nossa equipe”, explicou a secretária.

Ainda segundo Luzia, o intuito é localizar o SAE de forma a possibilitar que os usuários tenham acesso rápido a outros serviços, como transporte público, por exemplo. “Iremos reunir a equipe do SAE, assim como os usuários, para que possamos definir qual a melhor formatação do novo imóvel que abrigará a unidade. Nesta discussão, vamos levar em consideração, além do conforto aos usuários e do processo de trabalho dos profissionais, o georeferenciamento do serviço”, garantiu.

Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO