“Super Terça” fez Parque do Povo viver noite erudita, mas sem tirar o pé do forró

musica_erudita_pq_povoA programação d’O Maior São João do Mundo nesta terça-feira, 7, trouxe uma noite emocionante para Campina Grande. A “Super Terça” fez do palco principal do Parque do Povo um cenário para apresentações de quatro orquestras filarmônicas. Cada uma mostrou, com seu estilo próprio, a beleza da música regional nordestina, através de arranjos eruditos.

A primeira a se apresentar foi a Orquestra Estrela da Serra, que trouxe um repertório só de músicas regionais, tocando desde Jackson do Pandeiro e Luiz Gonzaga até Wesley Safadão. O público que esteve no Parque do Povo vibrou com o espetáculo e com a animação do maestro Hélio Júnior, que mostrou o seu sangue nordestino a cada canção regida.

Hélio Júnior é guarda municipal e, nas horas vagas, mantém um projeto social na cidade de Croatá, no estado do Ceará. O “Vamos Fazer Arte” dá aulas de música a quase 300 crianças entre 7 e 18 anos de idade.

“Para nós, está sendo um presente e uma realização esta apresentação n’O Maior São João do Mundo. A Orquestra Estrela da Serra é formada por 40 músicos, todos entre 9 e 21 anos, vindos de uma cidade de apenas 17 mil habitantes. Então é um orgulho para nós trazermos esse projeto para Campina Grande”, destacou o maestro.

Dando sequência às apresentações da noite, a Orquestra Filarmônica Luther College Jazz, da cidade de Iowa, nos Estados Unidos, foi a segunda a subir ao palco. Ela está realizando uma turnê no Brasil e Campina Grande foi a sua primeira parada no Nordeste, com um repertório intitulado “Forró Jazz Sinfônico”, uma amostra dos ritmos do Brasil e do Nordeste, tocados com arranjos eruditos.

A Fupop Jazz Orquestra, big band ligada ao programa “Aqui Tem Arte”, da Furne, foi a terceira atração da “Super Terça” d’O Maior São João do Mundo. Seu repertório incluiu diversos ritmos populares, a exemplo do baião, samba e choro, sem esquecer a essência de sua criação, que é o jazz. Artistas locais, como as cantoras Eloisa Olinto e Kátia Virgínia se apresentaram com a filarmônica, cantando clássicos da música nordestina.
Finalizando a noite, o maestro Marcos Farias, filho de Abdias dos 8 Baixos com a cantora Marinês, e afilhado de Luiz Gonzaga, fez uma apresentação que emocionou a todos os presentes, incluindo no repertório músicas de sua mãe e clássicos da música nordestina.

De acordo com Temístocles Cabral, coordenador geral d’O Maior São João do Mundo, a Prefeitura Municipal de Campina Grande não teve custos com as apresentações desta “Super Terça”. Todas as orquestras participaram da programação do São João de Campina Grande gratuitamente, a convite dos organizadores do Festival Internacional de Música Erudita, que acontece na cidade no mês de julho.

“Hoje foi uma noite especial, uma noite inesquecível. Esse projeto surgiu de uma iniciativa dos professores Vladimir Silva e Carlos Alan Peres, que realizam, no mês de julho, o Festival Internacional de Música Erudita, aqui em Campina Grande. Abraçamos a ideia para trazer um diferencial à mais para O Maior São João do Mundo e estamos orgulhosos do resultado”, destacou Temi Cabral.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO